São Paulo PM detém sete pessoas em protesto pelos animais em São Roque

PM detém sete pessoas em protesto pelos animais em São Roque

Manifestação próxima ao Instituto Royal acabou em confronto com a polícia e vandalismo

  • São Paulo | Do R7

Sete pessoas foram levadas à delegacia neste sábado (19) após um protesto em defesa dos animais que terminou em confronto com a PM e vandalismo, em São Roque — a 59 km da capital paulista. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, quatro integrantes do ato permaneceram presos por dano ao patrimônio. Três foram ouvidos e liberados. Seis manifestantes ficaram feridos

A manifestação pretendia ir até o Instituto Royal, de onde cerca de 200 cães da raça beagle usados para testes farmacêuticos foram resgatados, na noite de quinta-feira (17). A PM não permitiu a caminhada dos cerca de 200 integrantes do ato e dispersou o grupo com bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo. Integrantes do Black Bloc participaram e ficaram à frente da passeata. Três carros foram depredados e incendiados, sendo que um deles era uma viatura da Polícia Militar e dois de uma emissora afiliada à Rede Globo.

A PM não informou o motivo das detenções. Todos foram encaminhados à Delegacia de São Roque, onde ainda permaneciam por volta das 16h30. 

A Polícia Civil investiga o furto dos beagles, além de averiguar se os cachorros sofriam maus-tratos no instituto. O advogado Daniel Antônio de Souza Silva, que defende a empresa, negou as acusações de possíveis atividades de crueldade com animais em testes de produtos farmacêuticos realizados pela empresa.

Últimas