PM localiza fábrica de dinheiro falso e laboratório de drogas em SP 

Preso afirmou à polícia que ficou desempregado na pandemia e queria se aperfeiçoar no esquema para vender os produtos em redes sociais

Homem confessou à polícia que fabricava notas falsas de dinheiro em casa

Homem confessou à polícia que fabricava notas falsas de dinheiro em casa

Divulgação / Polícia de SP

A Polícia Militar localizou uma fábrica de notas falsas de dinheiro e um laboratório de drogas sintéticas na zona norte de São Paulo, na noite deste sábado (15). Um homem foi preso pela fabricação de ambos.

A PM foi acionada por meio de uma denúncia anônima. No endereço, um homem foi abordado. Com ele, a PM encontrou ecstasy. Durante abordagem, o suspeito contou que tinha mais da droga em casa.

Leia mais: GCM e Prefeitura de SP fiscalizam aglomeração em bares e baladas

Primeiro, o homem teria dito que comprava a mercadoria em Minas Gerais, depois admitiu à polícia que fabricava tanto o ecstasy como as notas falsas dentro da própria casa.

Foi a namorada do suspeito quem permitiu a entrada dos policiais na residência. No local foram encontradas munições, celulares, um computador com programa específico para a fabricação de notas falsas e impressoras.

Veja também: Caso Julia: polícia de SP pede revogação da prisão de suspeito

O suspeito disse à Polícia Militar que divide o terreno da casa com a mãe. Ressaltou, no entanto, que ela e a namorada não sabiam do crime.

Durante a abordagem, o rapaz disse que trabalhava como vendedor e perdeu o emprego durante a pandemia. Por desespero, ele decidiu iniciar a produção de notas falsas. O intuito, segundo ele, era se aperfeiçoar na produção para depois vender as notas em grupos do Facebook.

Leia ainda: Homem ameaça segurança da CPTM com um facão em estação de SP

O homem, que não tinha passagem pela polícia, vai responder por tráfico de drogas e falsificação de moedas. Todo o material foi apreendido e encaminhado para a Polícia Federal na Lapa.