PM prende 20 pessoas em rinha de galos em Limeira (SP)

Polícia encontrou 87 animais no local, em um ambiente preparado para a prática de rinha, com ringues, puleiros, gaiolas e anotações de apostas

Galos apresentam sinais vísíveis de maus-tratos

Galos apresentam sinais vísíveis de maus-tratos

Divulgação/ Polícia Militar

A Polícia Militar Ambiental prendeu 20 pessoas que participavam de uma rinha de galos neste sábado (29), na cidade de Limeira, interior de São Paulo. A polícia chegou à chacára na rodovia SP -147 por meio de denúncia anônima, onde encontrou 87 galos em um ambiente preparado para a prática de rinha, com  ringues, puleiros e gaiolas.

Leia mais: Maior traficante de animais silvestres do país é preso em SP

Os animais, que apresentavam sinais visíveis de maus tratos, de acordo com a polícia. Também foram apreendidas anotações de apostas realizadas no local. Foi solicitada perícia ao local.

Os galos foram encaminhados e acondicionados, pela Secretaria de Meio Ambiente, em viveiro existente nas dependências do Zoológico Municipal, localizado no Horto Florestal da cidade de Limeira. A Polícia Militar Ambiental  multou os proprietários dos animais,  em valor aproximado de duzentos e cinquenta mil reais para cada infrator.

As 20 pessoas – entre apostadores e proprietários dos animais – foram levadas ao plantão policial da Delegacia de Limeira, onde foi registrado um boletim de ocorrência de jogos de azar, corrupção de menor e prática de abuso a animais.