São Paulo PM recupera 23 celulares roubados em loja e prende mulher em SP

PM recupera 23 celulares roubados em loja e prende mulher em SP

Três homens participaram do assalto. Para polícia, mulher presa provavelmente estava apenas guardando os aparelhos roubados

  • São Paulo | Mariana Rosetti, da Agência Record

Câmera registra roubo de celulares em loja de SP

Câmera registra roubo de celulares em loja de SP

Reprodução

Uma mulher foi presa nesta sexta-feira (23) com 23 aparelhos celulares roubados de uma unidade das Lojas Americanas, em uma comunidade na zona sul de São Paulo. Segundo a polícia, o roubo havia acontecido horas antes e foi registrado por imagens de câmera de segurança.

Policiais militares foram acionados para um endereço em Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, para um roubo consumado em uma unidade das Lojas Americanas. No local, souberam que três homens armados haviam invadido o estabelecimento e roubado dezenas de celulares lacrados, além de pertences pessoais dos funcionários e dinheiro. O trio fugiu em seguida.

Circuitos de segurança internos da loja registraram a ação. Uma das imagens flagra quando uma funcionária desmaia durante o roubo, o que não impede que os assaltantes sigam pegando os celulares.

A partir de um aparelho roubado de um funcionário, que possui rastreador, uma equipe da Polícia Militar começou a monitorar o endereço apontado pelo recurso.

Durante diligências, encontraram um cômodo, dentro de uma comunidade na zona sul de São Paulo. Uma mulher saía do imóvel quando os agentes chegaram.

Ela foi abordada e, segundo a PM, disse que reside no endereço com o seu marido, que estava trabalhando na ocasião. Durante a conversa, os policiais ouviram um celular tocando dentro da casa e, ao consultarem pela janela, notaram diversas caixas.

A mulher foi presa em flagrante e dentro do imóvel foram localizados 23 aparelhos celulares, de acordo com a PM, que haviam sido roubados horas antes na Lojas Americanas. Duas armas e uma bolsa também foram apreendidas.

A Polícia Militar acredita que a mulher armazenou os aparelhos, mas que não tem envolvimento direto com o roubo. Um dos agentes informou que o marido dela tentou contato com os policias oferecendo uma quantia em dinheiro para que a liberassem.

Desta forma, os três assaltantes seguem foragidos. O caso está sendo apresentado no 47º DP (Capão Redondo).

Últimas