São Paulo PMs são acusados de atirar contra dois jovens em comunidade de SP

PMs são acusados de atirar contra dois jovens em comunidade de SP

Vítimas passaram por cirurgia e estão internadas. Os policiais ainda teriam passado no hospital para confiscar balas retiradas do corpo dos jovens

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Reprodução/ Record TV

Dois policiais militares são acusados de atirar contra dois jovens durante uma festa familiar, na periferia de São Paulo. Vinícius Santos e Jackson Real Bispo passaram por cirurgia e estão internados. Os dois não têm passagem pela polícia. As informações são da Record TV.

De acordo com a família das vítimas, os dois jovens estavam na inauguração de uma adega da região quando foram atingidos. Dois policiais militares teriam aparecido no local com motos, acompanhados de uma viatura da Polícia Militar. Os disparos foram então realizados. 

Ainda de acordo com a família, logo após a cirurgia dos jovens PMs estiveram no hospital para exigir as cápsulas retiradas dos corpos no centro cirúrgico.

Depois que o crime foi descoberto, um oficial que comanda interinamente o batalhão onde trabalham os policiais esteve na delegacia e entregou apenas um ofício. Ele não quis detalhar o crime para o delegado. Disse que a Polícia Militar foi acionada para uma ocorrência de baile funk, que obstruía a via pública, e que os policiais (que não tiveram seus nomes informados) foram presos

Este oficial teria dito ainda que trata-se de um crime militar e que a própria corporação vai investigar.

Últimas