São Paulo PMS são agredidos com pedras e garrafas após prisão em baile funk

PMS são agredidos com pedras e garrafas após prisão em baile funk

Equipe da Rocam foi atacada na Brasilândia, na zona norte de SP, em reação a detenção de suspeito. Dois agentes ficaram feridos 

  • São Paulo | Beatriz Leite*, da Agência Record

Um dos agressores tenta intimidar um dos PMs

Um dos agressores tenta intimidar um dos PMs

Reprodução/ Instagram

Dois policiais militares ficaram feridos ao serem hostilizados durante a prisão de um homem após um baile funk na rua Ibiraiaras, na Brasilândia, na zona norte de São Paulo, por volta das 9h deste domingo (16), de acordo com informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública).

Um vídeo mostra o momento em que frequentadores do baile, inconformados com a prisão, arremessam paus, pedras e garrafas de vidro contra os PMs da Rocam (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas). 

Um dos agentes chega a cair após tropeçar em uma das motos, tentando se proteger dos ataques. Um dos agressores tentou intimidar os PMs, os chamando para uma briga. Em outro vídeo é possível ver a rua na noite anterior, tomada por jovens que se aglomeravam e não utilizavam máscaras, além de carros com som alto.

Em nota, a PM afirmou que equipes foram encaminhadas ao local para dispersar o baile funk, já na manhã de domingo. Ainda de acordo com a corporação, o homem, de 20 anos, foi preso em flagrante e, na delegacia, se apresentou com o nome de um menor de idade para evitar a prisão. A mãe esteve no Distrito Policial e confirmou o erro na informação. A motocicleta utilizada pelo preso tinha chassi adulterado e foi apreendida.

O caso foi registrado como resistência, falsa identidade, localização e apreensão de veículo e será investigado pelo 74° DP (Parada Taipas).

*Sob supervisão de Letícia Dauer

Últimas