São Paulo Polícia busca atirador que executou corretor com tiros de fuzil em SP

Polícia busca atirador que executou corretor com tiros de fuzil em SP

Viúva da vítima será a primeira a ser ouvida pela polícia. Marcos Paulo, de 45 anos, foi morto na garagem de casa, em Guarulhos

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Marcos Paulo, de 45 anos

Marcos Paulo, de 45 anos

Reprodução Record TV

A polícia de São Paulo está à procura de um atirador que executou, com tiros de fuzil, um corretor de imóveis de 45 anos em Guarulhos, na Grande São Paulo, na manhã desta segunda-feira (7).

Marcos Paulo foi abordado na garagem de casa, na rua Artur Rodrigues Alcântara, na Vila Galvão. A ação, que durou cerca de oito segundos, foi gravada por câmeras de segurança.

Assim que abre o portão e se aproxima da calçada, o corretor percebe a chegada do atirador. É quando acontece o primeiro disparo. A vítima cai e o criminoso, encapuzado, atira várias outras vezes, e vai embora em um carro parado do outro lado da rua. As câmeras registraram ainda que, meia hora antes, o mesmo carro havia passado ali.

A perícia ficou no local até o começo da tarde. Abalada, a família do corretor de imóveis não quis gravar entrevista. Um vizinho contou que acordou com os tiros.



A polícia apreendeu dois celulares da vítima, que, segundo o delegado responsável, podem conter pistas que ajudem na investigação. Sem gravar entrevista, ele confirmou à nossa equipe que a primeira pessoa que vai prestar depoimento será a viúva de Marcos

Os policiais querem entender melhor a rotina do corretor, conhecer as pessoas com quem ele mantinha mais contato e analisar ainda as fontes de renda da família. Na garagem da casa, havia dois carros de luxo. Nada foi roubado. Segundo a polícia, o corretor não tinha antecedentes criminais.

Últimas