São Paulo Polícia busca dois suspeitos de participar de arrastão nos Jardins

Polícia busca dois suspeitos de participar de arrastão nos Jardins

Um adolescente de 17 anos que participou da ação foi apreendido. Ele teria passagens por roubos, furtos e tráfico de drogas

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Após perseguição, adolescente cai da moto e é apreendido pela polícia

Após perseguição, adolescente cai da moto e é apreendido pela polícia

Reprodução Polícia Militar

A Polícia Civil de São Paulo busca mais dois suspeitos de participação no arrastão que ocorreu no bairro dos Jardins, área nobre de São Paulo, na noite da sexta-feira (10). Um adolescente de 17 anos que participou da ação foi apreendido.

Segundo o delegado da 1ª Delegacia Seccional, Roberto Monteiro, o jovem tem várias passagens por atos infracionais semelhantes a roubos, furtos e tráfico de drogas. A polícia pediu as imagens do prédio localizado em frente ao local do crime para análise. 

O arrastão deixou uma vítima, Leonardo Mutio Iwamura, de 43 anos, que teria reagido à ação. O corpo de Leonardo passou pelos exames necroscópicos no Instituto Médico Legal (IML) Centro e será retirado pelos familiares na manhã deste domingo (12).

De acordo com a Polícia Militar, o arrastão ocorreu quando três suspeitos em duas motos, um branca e outra preta, estavam praticando assaltos na região dos Jardins. O latrocínio ocorreu na Alameda Ministro Rocha Azevedo, altura da rua Oscar Freire, próximo ao mercado Pão de Açúcar, por volta das 22h30, e foi registrado por uma câmera de segurança.

De acordo com um funcionário do mercado e testemunha, José Henrique da Silva, a vítima se recusou a entregar o aparelho celular e, em seguida, um dos suspeitos efetuou os disparos. Após a Polícia Militar ser acionada, Leonardo foi encaminhado ao Hospital das Clínicas, onde chegou já sem vida. 

Minutos antes do assassinato, diversas pessoas foram roubadas. Uma das vítimas conseguiu rastrear o seu celular e repassou, em tempo real, a sua localização para os policiais militares.

A cerca de 17 quilômetros do local do arrastão, os policiais encontraram uma motocicleta, modelo Honda CG branca, sem placa de identificação, ocupada por dois homens na rua Carlos Facchina, em Americanópolis, zona sul.

Quando os suspeitos perceberam a aproximação da viatura, fugiram. Após aproximadamente três quilômetros de perseguição, o condutor da moto perdeu o controle da direção e caiu no chão na rua Faure da Rosa.

O motorista, o adolescente de 17 anos, foi apreendido e o garupa, responsável pelos disparos que mataram Leonardo, fugiu em direção à comunidade Vila Clara. De acordo com o boletim de ocorrência, a moto usada no crime também tem origem ilícita e foi roubada em 1 de setembro.

Na delegacia, 13 vítimas prestaram depoimento e relataram a ação violenta do trio. Em alguns dos assaltos, as vítimas chegaram a ser agredidas com coronhadas. No total, foram levados 10 celulares, três carteiras, um relógio, além de cartões e documentos. 

Algumas das vítimas ainda realizaram o reconhecimento do adolescente como um dos participantes no arrastão. A Polícia Militar continua realizando buscas na região para localizar os outros dois suspeitos. O caso foi registrado no 78° DP do Jardins como ato infracional equivalente a latrocínio e dirigir sem habilitação.

Últimas