São Paulo Polícia Civil de SP faz operação para combater crimes de estelionato

Polícia Civil de SP faz operação para combater crimes de estelionato

São cumpridos sete mandados de prisão temporária e onze mandados de buscas em endereços na Grande São Paulo

  • São Paulo | Edilson Muniz e Rodrigo Balbino, da Agência Record

Polícia Civil de SP faz megaoperação para combater grupo especializado em estelionato

Polícia Civil de SP faz megaoperação para combater grupo especializado em estelionato

Reprodução Record TV

A Polícia Civil de São Paulo realiza uma operação na manhã desta quinta-feira (9) contra um grupo especializado em crimes de estelionato. A ação é coordenada pela Deinter-8 de Presidente Prudente, no interior do estado, e conta com apoio de agentes do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos).

São cumpridos sete mandados de prisão temporária e 11 mandados de buscas em endereços na Grande São Paulo.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, os agentes cumprem os mandados na zona norte da capital relacionados a integrantes de organização criminosa de estelionatários. Ao todo, estão empenhados 30 policiais em 11 viaturas. 

A Operação 2 Reis 7:14 pretende desarticular a organização criminosa que enganou moradores e realizou a venda de um carro furtado na Grande São Paulo e repassou aproximadamente R$120 mil aos associados, por meio de depósitos bancários.

A investigação, que durou 4 meses, começou após o registro de crime de estelionato na DPM de Pirapozinho, no interior do estado, no dia 21 de maio.

Segundo o delegado responsável pela operação, Rafael Guerreiro Galvão, com a operação, há a possibilidade de identificar outras vítimas e tentar recuperar os valores para ressarcimento das vítimas.

Últimas