São Paulo Polícia Civil de SP prende seis suspeitos por golpes no WhatsApp

Polícia Civil de SP prende seis suspeitos por golpes no WhatsApp

Detidos pela Operação Metamorfo, nesta quinta-feira (1º), na capital, Grande SP e litoral são acusados de integrar quadrilha

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Quadrilha clonava contas do aplicativo WhatsApp das vítimas

Quadrilha clonava contas do aplicativo WhatsApp das vítimas

Reprodução/Tecmundo

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (1º), durante a Operação Metamorfo, realizada na capital, Grande São Paulo e litoral sul, seis suspeitos de integrar uma organização criminosa voltada a crimes de estelionato praticados por meio da clonagem de WhatsApp. 

A ação policial foi realizada por equipes da Cerco (Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas) da 4ª Delegacia Seccional de Polícia da Capital (Norte), que já investigavam as atividades da facção e conseguiram mandados de busca e apreensão.

Os agentes cumpriram as ordens judiciais nas cidades de São Paulo, cidades de Mauá, Santo André e em Mongaguá, no litoral sul do estado.

Segundo as investigações, após clonar o aplicativo da vítima, um dos criminosos se passa pelo dono do celular para solicitar dinheiro a conhecidos da sua lista de contatos. Quem caía no golpe, realizava transferências bancárias. Os valores são transferidos pelos criminosos para contas de laranjas — que recebem uma porcentagem.

Durante as ações, oito suspeitos alvos de investigação foram localizados e conduzidos à delegacia. Seis, foram indiciados por estelionato e os outros dois são investigados pela captação das contas a serem creditadas com os valores ilegalmente recebidos.

Últimas