São Paulo Polícia Civil procura homem suspeito de matar modelo em SP

Polícia Civil procura homem suspeito de matar modelo em SP

Vítima era namorada do homem, que está foragido. Segundo testemunhas, ele teria ateado fogo propositalmente no apartamento onde o casal morava

  • São Paulo | Do R7, com informação da Record TV

Modelo morreu em incêndio onde morava com companheiro, em SP

Modelo morreu em incêndio onde morava com companheiro, em SP

Reprodução/Record TV

A Polícia Civil de São Paulo investiga a morte brutal da modelo e atriz Rosângela Sousa Silveira, conhecida como Preta Silveira. O apartamento da jovem, situado na zona sul da capital paulista, foi incendiado. O principal suspeito do crime é o companheiro da jovem, identificado como José Tadeu de Lima. As informações são da Record TV.

Leia também: Mulher morre carbonizada após incêndio na zona leste de SP

Preta Silveira, que também trabalhou como aeromoça e tinha um rosto conhecido no meio artístico e nas emissoras de televisão, voltou ao Brasil, após uma temporada nos Estados Unidos, para cuidar da mãe, que havia contraído o novo coronavírus. Aqui, ela conheceu um homem que era seu vizinho de porta e iniciou um romance.

Vizinhos iniciaram o combate às chamas e socorreram a jovem até a chegada do Corpo de Bombeiros. Segundo relatos, o fogo teria começado no quarto do casal e se espalhado pelo restante do imóvel.

Leia também: PF deflagra operação para prender quadrilha de estelionatários em SP

Outra testemunha, que era amiga da vítima, disse que o homem seria ciumento e possessivo. O suspeito de feminicídio também teria sofrido alguns ferimentos em razão do incêndio e fugido do local.

Últimas