Tiroteio em Suzano
São Paulo Polícia confirma identidades de dez mortos em massacre de Suzano (SP)

Polícia confirma identidades de dez mortos em massacre de Suzano (SP)

Secretaria de Segurança Pública do Estado afirmou que são cinco alunos, duas funcionárias do colégio e um comerciante, além dos dois autores do crime

Polícia identifica dez vítimas fatais de massacre em Suzano (SP)

Mulher chora em rua próxima à escola estadual Professor Raul Brasil

Mulher chora em rua próxima à escola estadual Professor Raul Brasil

Werther Santana/Estadão Conteúdo

O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, João Camilo Pires de Campos, confirmou o nome das dez vítimas fatais do massacre na escola estadual Professor Raul Brasil

São cinco alunos do colégio, duas funcionárias e o tio de um dos dois autores do crime, que completam a lista.

Veja também: Bullying era frequente nessa escola, diz ex-professor

Os dois jovens são Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro. O tio de Guilherme e dono de uma locadora próxima à escola é Jorge Antônio de Moraes.

Os alunos são Caio Oliveira, Kaio Lucas da Costa Limeira, Samuel Melquíades Silva de Oliveira, Claiton Antonio Ribeiro e Douglas Murilo Celestino. Marilena Ferreira Vieira Umezu, coordenadora do colégio, e Eliana Regina de Oliveira Xavier, funcionária, também faleceram.

Vídeo: Policial se aproxima da escola em Suzano durante fuga de alunos

A lista de feridos é composta por nove pessoas: Leticia Melo Nunes, Samuel Silva Felix, Beatriz Gonçalves, Anderson Carrilho de Brito, Murilo Gomes de Louro Benite, Jennifer Silva Cavalcanti, Leonardo Vinicius Santana, Adna Bezerra e Guilherme Ramos.