Novo Coronavírus

São Paulo Polícia de SP flagra funcionamento de cassino de luxo no Itaim Bibi

Polícia de SP flagra funcionamento de cassino de luxo no Itaim Bibi

Quinze pessoas foram detidas e o estabelecimento foi interditado pela Vigilância. Local não poderia funcionar em meio à pandemia

  • São Paulo | Rodrigo Balbino, da Agência Record

Cassino funcionava nos fundos de um prédio

Cassino funcionava nos fundos de um prédio

Reprodução / Record TV

Pelo menos 15 pessoas foram detidas em um cassino clandestino de luxo, no Itaim Bibi, área nobre de São Paulo, por volta das 20h deste domingo (14).

Agentes da Polícia Civil faziam uma fiscalização e descobriram o cassino, que funcionava na rua João Cachoeira, número 249. Na frente do prédio, há um comércio. O cassino ficava nos fundos. Era necessário subir alguns lances de escada para chegar ao local.

Imagens mostram que os jogos eram feitos em um lugar amplo e bem decorado, mas sem ventilação. No local havia 25 pessoas, mas apenas uma era apostador e o restante funcionários da casa. Na hora da chegada da polícia, o atendimento ao público havia acabado de começar.

O salão pode abrigar pelo menos 100 pessoas, mas não possuía janelas. O local contava com cadeiras, mesa de pôquer e roleta, entre outros tipos de jogos.

De acordo com o delegado Eduardo Brotero, os donos do cassino escolhiam funcionários paraguaios por terem experiência com os jogos de azar, que são ilegais no Brasil. Em seu país de origem, esse tipo de jogo é permitido.

Quinze pessoas foram detidas e levadas para o DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania). Os responsáveis pelo local estão sendo investigados.

De acordo com a polícia, o ambiente era frequentado por pessoas de alto poder aquisitivo, que não se importavam com o risco à saúde em meio à pandemia.

A Vigilância Sanitária autuou e interditou o local. O fechamento do cassino faz parte de uma força-tarefa para dispersar aglomerações nesse período de mais restrições em São Paulo para tentar barrar a propagação do novo coronavírus.

Últimas