Desaparecidos em SP

São Paulo Polícia de SP interrogará 'Monstro da Alba' sobre ossada em muro

Polícia de SP interrogará 'Monstro da Alba' sobre ossada em muro

Restos mortais foram encontrados em parede reformada por Jorge Oliveira, preso em 2015 pela morte de seis pessoas

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

A Polícia Civil de São Paulo interrogará Jorge Luiz Morais de Oliveira, conhecido como "Monstro da Alba", sobre a ossada humana encontrada dentro de um muro, na tarde desta quarta-feira (17). De acordo com o delegado Glaucus Vinicius, que investiga o caso, a data e o local do interrogatório ainda não foram determinados. As informações são da Record TV.

O caso foi reaberto porque se encontrou uma ossada concretada no muro de uma casa que havia sido reformada por Jorge, preso desde 2015 por matar e enterrar pelo menos seis pessoas. Os ossos foram encaminhados para perícia, que vai determinar a identidade e o período em que o corpo foi enterrado na casa.

O pintor Jorge Oliveira foi preso depois que policiais encontraram seis corpos dentro da casa onde ele morava, em um beco da Favela Alba, no Jabaquara, zona sul de São Paulo. Ele acabou confessando a autoria dos crimes. Naquela época, a polícia contava 30 pessoas desaparecidas na região.

'Monstro da Alba' foi denunciado pela própria mãe

'Monstro da Alba' foi denunciado pela própria mãe

Reprodução/Rede Record

Conheça a história do "Monstro da Alba", serial killer que matou oito pessoas e as enterrou na própria casa

Últimas