Polícia decreta prisão de pai que provocou acidente e matou os filhos

Para investigadores, Lucilo teria causado o acidente propositalmente. Homem publicou a frase "chegou a hora" em rede social horas antes da colisão

A polícia decretou a prisão preventiva de Lucilo Souza Pinto Filho, que provocou um acidente de trânsito e matou os dois filhos em Lavrinhas, no interior de São Paulo, no domingo (9), sob acusação de ter premeditado a morte dos garotos. As informações são da Record TV.

Ao pegar a rodovia durante a comemoração de Dia dos Pais, quando buscou os filhos na casa de Amanda, a mãe das crianças, Lucilo manobrou seu carro no acostamento e começou a acelerar na contramão, até jogar o veículo pra cima de uma carreta. O automóvel colidiu frontamente e a carreta pegou fogo. Os pequenos Samuel, de 6 anos, e Saulo, 4, morreram no local, enquanto Lucilo quebrou as pernas e a bacia.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ele foi socorrido em estado grave ao pronto socorro do Hospital de Cruzeiro e, posteriormente, transferido para Taubaté. O motorista da carreta não ficou ferido.

Polícia crê que Lucilo, 59, tenha causado acidente de forma proposital

Polícia crê que Lucilo, 59, tenha causado acidente de forma proposital

Reprodução / Record TV

Para os investigadores, o homem teria causado o acidente de trânsito propositalmente. Além da forma como ocorreu a colisão, o homem havia publicado a frase "chegou a hora" em suas redes sociais, horas antes da morte do acidente. Amanda, mãe de Samuel e Saulo, tinha quatro boletins de ocorrência contra o marido, e vivia processo de separação.

A polícia aguarda agora a melhora na saúde de Lucilo, agora em estado grave, para que ele preste esclarecimentos sobre o que ocorreu no domingo.