São Paulo Polícia encontra meia tonelada de cocaína na Grande São Paulo

Polícia encontra meia tonelada de cocaína na Grande São Paulo

No imóvel, foram encontrados pasta base de cocaína, papelotes prontos para a venda, maquinário para prensar entorpecentes

  • São Paulo | Guilherme Alves e Rodrigo Balbino, da Agência Record

Polícia localiza meia tonelada de cocaína em esconderijo em Guararema

Polícia localiza meia tonelada de cocaína em esconderijo em Guararema

Divulgação Polícia Civil

A Polícia Civil encontrou uma grande quantidade de cocaína, na tarde de sexta-feira (16), na rua Cinco, no Jardim Costão, em Guararema, na Grande São Paulo. Segundo os investigadores, parte do entorpecente estava escondida em um esconderijo.

Os investigadores chegaram até o endereço depois de monitorar um veículo que era usado para transportar a droga. Ao perceberem a chegada dos agentes, as pessoas que vigiavam o local conseguiram fugir por uma área de mata.

Agentes do 4º Distrito Policial de Guarulhos receberam a informação de que um veículo Corsa, na cor preta, era utilizado no transporte de drogas. O automóvel foi localizado em um sítio.

No imóvel, foram encontradas duas batedeiras, quatro máquinas de embalagem, duas prensas, 84 lâmpadas e quatro suportes, duas balanças de precisão, quatro bobinas de plástico, 30 sinalizadores e 4 mil unidades plásticas.

Utensílios de cozinha e restos de comida deixados na casa indicam que os homens saíram às pressas. O carro usado foi apreendido. Segundo a polícia, a ação causou um prejuízo de R$ 2 milhões ao grupo.

Além disso, 503.626 quilos de cocaína estavam no local. A droga e o material utilizado em seu preparado foram apreendidos e passarão por perícia no Instituto de Criminalística (IC).

O caso foi registrado como drogas sem autorização ou em desacordo, localização/apreensão de objeto e localização/apreensão de veículo pelo 4º DP de Guarulhos. Ninguém foi preso, após a Polícia Civil localizar esconderijo e refinaria de drogas em um sítio em Guararema, Região Metropolitana de São Paulo.

No local havia um laboratório de drogas escondido atrás de uma parede fala. A passagem secreta era acionada por meio de uma trava escondida dentro de um interruptor.

No imóvel, a polícia encontrou uma grande quantidade de pasta base de cocaína, centenas de papelotes prontos para a venda, além de um moderno maquinário para prensar e embalar os entorpecentes. O grupo contava com uma prensa hidráulica, utilizada para imprimir o logo da droga.

Últimas