São Paulo Polícia faz operação contra tráfico de drogas na Cracolândia (SP)

Polícia faz operação contra tráfico de drogas na Cracolândia (SP)

Operação cumpre 11 mandados de prisão temporária e de 14 de busca e apreensão contra traficantes de drogas e armas

  • São Paulo | Do R7

Atiradores de elite fazem operação na Cracolândia, no centro de SP

Atiradores de elite fazem operação na Cracolândia, no centro de SP

Reprodução Record TV

A Polícia Civil realiza na manhã desta sexta-feira (18) uma operação para cumprir mandados de busca e apreensão na região central de São Paulo conhecida como Cracolândia contra traficantes de drogas e armas.

Segundo as investigações, foi contabilizado cerca de R$ 200 milhões em lucro dentro do período de um ano de tráfico na região. Um dos alvos é Paulo Henrique Marques dos Santos, vulgo "Fuzil", especializado no tráfico do armamento que dá o seu apelido.

De acordo com a Polícia Civil, o trabalho de investigação envolveu a coleta de informações por parte do 77º Distrito Policial. Os relatórios de inteligência e investigação indicaram uma grande movimentação de uma associação criminosa voltada ao tráfico de drogas na região da Cracolândia.

Segundo o relatório da Polícia Civil, os relatórios foram feitos com fotografias e filmagens e possibilitaram a qualificação dos traficantes e de outras pessoas que contribuem com a comercialização das drogas, gerando a expedição de 11 mandados de prisão temporária e de 14 de busca e apreensão.

A ação é coordenada pelas delegacias pertencentes à 1ª Seccional do Centro e conta com apoio de diversas forças policiais, como blindados do Grupo Especial de Reação (GER), Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA), Polícia Militar e Guarda Civil Metropolitana (GCM).

A operação tem a participação 482 agentes, sendo 132 policiais civis pertencentes à 1ª Delegacia Seccional de Polícia - Centro, 50 viaturas caracterizadas e descaracterizadas, 50 policiais civis pertencentes ao DOPE, com o apoio de dois carros blindados, 150 policiais militares, 150 Guardas Civis Metropolitanos com o apoio de sete cães farejadores.

Ao menos dois pontos do centro de São Paulo serão vistoriados. Segundo a polícia, pessoas detidas e materiais apreendidos serão encaminhados à sede da 1ª Seccional do Centro, na rua Aurora.

Últimas