Tiroteio em Suzano
São Paulo Polícia faz perícia em carro que teria sido usado por atiradores em escola

Polícia faz perícia em carro que teria sido usado por atiradores em escola

Veículo, um Chevrolet Onix branco, estava parado em frente ao portão da escola estadual Professor Raul Brasil, palco do massacre

carro

carro

Reprodução Record TV

A Polícia Técnica-Científica iniciou a perícia em um carro que supostamente teria sido usado pelos atiradores que abriram fogo na escola estadual de Professor Raul Brasil, em Suzano, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (13).

O local foi palco de um massacre. Dois atiradores dispararam mais de 30 vezes, matando ao menos oito pessoas. Em seguida, os suspeitos tiraram a própria vida.

Veja também: 'Pedi pra correr, mas ele levou dois tiros', diz amigo de ferido em escola

O carro, um Chevrolet Onix branco, modelo 2018/2019 — placa QPJ-3280, de Belo Horizonte (MG) — estava parado em frente ao portão da escola. De acordo com a Record TV, os atiradores são menores de idade (entre 15 e 16 anos), e não têm licença para dirigir.

Segundo as investigações preliminares, a primeira vítima dos atiradores teria sido o tio de um dos suspeitos, dono de uma loja de carros. A Record TV informou que há possibilidade de que o carro pertence à loja.

Um morador da região afirmou ainda que viu os atiradores caminhando pela rua. "Eles me disseram para ter cuidado se não sobrava pra mim", disse o idoso.

*Estagiária do R7, com supervisão de Raphael Hakime