São Paulo Polícia fecha 'academia' de galos de rinha e apreende 48 aves em Osasco

Polícia fecha 'academia' de galos de rinha e apreende 48 aves em Osasco

Local armazenava esporas serradas, penas raspadas e confinamentos minúsculos, sem ventilação, água, alimentação e higiene suficientes 

  • São Paulo | Enrico Bertagnoli, da Agência Record

Ave apreendida na em cativeiro em Osasco

Ave apreendida na em cativeiro em Osasco

Divulgação

Um local usado para criação clandestina de galos de rinha foi descoberto em uma casa em Osasco, na Grande São Paulo, por uma equipe da Polícia Militar Ambiental nesta terça-feira (28).

Foram apreendidoas 20 galinhas, 13 galos índios, medicamentos e materiais utilizados no "treinamento" das aves. Os animais apresentavam ainda mutilações típicas do preparo para participar das lutas e marcas de aplicações medicamentosas em seus corpos.

Esporas serradas, penas raspadas para aplicações, confinamentos minúsculos, sem ventilação, água e alimentação suficientes e sem condições mínimas de higiene caracterizaram os maus-tratos em todas as aves.

Além das aves domésticas, foram apreendidas 15 aves da fauna silvestre mantidas em cativeiro ilegal, também maltratadas.

O infrator foi autuado, conduzido à delegacia e responderá pelos crimes ambientais em liberdade.

As aves silvestres receberão cuidados junto ao Centro de Recuperação de Animais Silvestres do Parque Ecológico do Tietê e as domésticas junto à prefeitura de Osasco, através da Secretaria Municipal de Bem-Estar Animal.

Últimas