Novo Coronavírus

São Paulo Polícia fecha festa clandestina com 152 pessoas na zona leste da capital

Polícia fecha festa clandestina com 152 pessoas na zona leste da capital

Operação apreendeu equipamentos de som. Bar fechado e sem ventilação adequada tinha 56 pessoas sem máscara

  • São Paulo | Elizabeth Matravolgyi, da Record TV

152 pessoas se aglomeraram em festa

152 pessoas se aglomeraram em festa

Vídeo/Polícia Civil de São Paulo

A Polícia Civil fechou mais uma festa, na madrugada deste sábado (24), na cidade de São Paulo. O local lacrado foi o BB Longe Beer, no Parque Santo Eduardo, na zona leste da capital. No estabelecimento, fechado e sem ventilação adequada, havia 152 pessoas, sendo que 56 não utilizavam máscaras de proteção.

Foram apreendidos diversos equipamentos de som, quatro máquinas de cartões de crédito e débito, instrumentos musicais, dois noteiros e duas máquinas de caça-níquel que estavam desligadas nos fundos do estabelecimento. O caso foi registrado no DPPC (Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania).

De acordo com o boletim de ocorrência, durante a abordagem e identificação dos proprietários do local, dois homens ofenderam os policiais e jogaram garrafas de bebidas contra os agentes. Ambos foram levados para a delegacia. Além disso, o dono do bar, funcionários e pessoas que trabalhavam promovendo a música na festa também foram encaminhados à delegacia.

Fase de transição

O setor de serviços de São Paulo retoma as atividades neste sábado (24) na nova etapa da fase de transição do plano de governo para controle da pandemia de covid-19. Restaurantes, academias, parques, salões de beleza, cinemas, museus e teatros podem funcionar com restrições e horários reduzidos.

O funcionamento é permitido das 11h às 19h, com exceção das academias, que podem abrir das 7h às 11h e das 15h às 19h. De acordo com o governo, todas as atividades devem respeitar a capacidade máxima de 25% do público.

Desde o último domingo (18), estão liberados shoppings, lojas de rua, cultos, missas e outras atividades religiosas, mas com distanciamento social, controle de acesso e 25% da capacidade.

Os parques urbanos estaduais também ficarão abertos para a prática de atividades físicas. O Jardim Zoológico, na zona sul, recebe o público das 11h às 18h e o Zoo Safari, das 11h às 17h. Já o Jardim Botânico funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. Ainda os 108 parques da capital paulista ficam abertos entre 6h e 18h.

Os protocolos de segurança são obrigatórios, como o uso de máscara, álcool gel e distanciamento. Segundo a Prefeitura de São Paulo, além dos cuidados sanitários, os bebedouros permanecem interditados e os parques infantis e equipamentos de ginástica não podem ser usados. Os frequentadores devem evitar a prática de atividades em grupo, que possam causar aglomerações.

O toque de recolher das 20h às 5h permanece em todas as regiões do estado. O escalonamento de horário na entrada e saída dos setores de comércio, serviços e indústria é incentivado assim como a recomendação da manutenção do regime de teletrabalho em atividades administrativas não essenciais.

Últimas