São Paulo Polícia fecha festa com 210 pessoas aglomeradas na zona sul de SP

Polícia fecha festa com 210 pessoas aglomeradas na zona sul de SP

Três foram levadas ao departamento de polícia e autuadas por infração de medida sanitária. Festa ocorreu no Capão Redondo

  • São Paulo | Rodrigo Martinez, da Agência Record

Blitz criada pelo governo de SP fecha aglomerações em meio à pandemia

Blitz criada pelo governo de SP fecha aglomerações em meio à pandemia

Reprodução Record TV

A Polícia Civil flagrou 210 pessoas aglomeradas em uma festa clandestina que ocorreu, na noite de sábado (18), em um estabelecimento comercial, no bairro do Capão Redondo, na zona sul de São Paulo.

Os trabalhos foram realizados pelo Grupo Armado de Repressão a Roubos (Garra), do Departamento de Operações Especiais de Polícia (Dope), em apoio ao comitê de "blitz", criado pelo governo de São Paulo para reforçar a fiscalização do cumprimento das medidas restritivas contra a pandemia.

No local, um imóvel com dois pavimentos, estavam as 210 pessoas, sendo que parte delas não usava máscara de proteção individual. Havia balcão para bebidas alcoólicas, equipamentos de som e uma área destinada ao uso de "narguiles", não sendo respeitadas as medidas de distanciamento social.

Foram apreendidos equipamentos de som e máquinas de cartão. Equipes da Vigilância Sanitária da Capital e Procon acompanharam os trabalhos e realizaram as respectivas autuações.

Três pessoas, incluindo o organizador da festa, foram levadas ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), da Polícia Civil, onde foram autuados por infração de medida sanitária preventiva por meio de um termo circunstanciado.

Últimas