São Paulo Polícia flagra aglomeração e fecha festas em Suzano e Paraisópolis (SP)

Polícia flagra aglomeração e fecha festas em Suzano e Paraisópolis (SP)

Em Suzano, 150 pessoas usavam drogas, organizadores são multados. Em Paraisópolis, festa ocorreu na rua Ernest Renan

  • São Paulo | Rodrigo Balbino e Rodrigo Martinez, da Agência Record

Polícia encerra outras festas clandestinas em Suzano, na Grande São Paulo

Polícia encerra outras festas clandestinas em Suzano, na Grande São Paulo

Reprodução

A Força Tarefa da Policia Civil, que combate aglomerações para evitar a disseminação do coronavírus, encerrou mais duas festa clandestinas na madrugada deste domingo (16), uma em Suzano, na Grande São Paulo, e outra em Paraisópolis, na zona sul da capital paulista.

Desta vez o evento em uma chácara na Estrada dos Fernandes, em Suzano, na Grande São Paulo, reuniu dezenas de pessoas que consumiam drogas no local. Duas pessoas foram identificadas como organizadoras da festa e detidas. A dupla foi multada em R$ 390 mil e vai responder também por crime contra a saúde pública.

Na hora da chegada das equipes, os usuários de entorpecentes começaram a esconder as drogas por todos os cantos do imóvel. Mais de 150 pessoas estavam no local.

Imagens mostram o momento que os policiais quebram o portão para entrar, com armas em punho. O que chamou a atenção dos agentes, é que diferente de outras festas encerradas, nesta o maior consumo não era de bebidas alcoólicas, mas sim de água e drogas.

Os frequentadores foram colocados do lado de fora, na área da piscina. Com a ajuda de um cão farejador, a polícia encontrou drogas espalhadas por toda a chácara. Entre elas, estavam 107 papelotes de cocaína, três embalagens de maconha, 37 lanças perfume, além de aproximadamente 100 comprimidos de LCD.

O chefe da operação, delegado Eduardo Brotero, declarou que as drogas foram espalhadas porque os usuários sabiam que se fossem flagrados de posse dos entorpecentes, seriam penalizados. Além da presença da Polícia Civil, a ação contou com a participação da Polícia Militar e de fiscais do Procon.

Paraisópolis

Mesmo com as orientações no Plano São Paulo para diminuir o avanço do novo coronavírus, pessoas se aglomeravam em frente a uma casa na rua Ernest Renan, em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, no início da madrugada deste domingo (16).

Um cinegrafista da Record TV flagrou o movimento de pessoas em frente à residência e o volume alto da música que tocava no imóvel. Os Batalhões da Polícia Militar, que atendem a área, informaram que não têm acionamento para ocorrência de som alto ou possível festa clandestina no endereço.

Últimas