São Paulo Polícia identifica suspeito de matar idoso durante assalto em SP

Polícia identifica suspeito de matar idoso durante assalto em SP

Polícia encontrou no carro roubado as fotos do suspeito, que foi reconhecido pela esposa da vítima. Prisão preventiva será pedida

  • São Paulo | Carolina Lopes*, da Agência Record, e R7

A Polícia CIvil de São Paulo identificou o suspeito de assaltar e matar Domingos Munhoz, de 73 anos, em Pirituba, na zona norte de São Paulo, nesta terça-feira (21). Ele foi gravado durante a ação derruboando e atropelando a vítima, que morreu enfartada durante o assalto. 

Domingos era hipertenso e diabético. A filha do idoso contou à Record TV que ele sofria dores crônicas na região lombar e por isso não teria conseguido sair do carro quando foi abordado pelo criminoso. 

O agressor fugiu com o carro roubado, que foi localizado em rua próxima à do assalto pela Polícia Militar. Também foram encontradas a chave do veículo, uma arma e documentos dentro de uma mochila.

Os agentes da Polícia Civil identificaram o autor por meio de um cartão encontrado junto com a mochila. Em seguida, testaram a chave encontrada, que correspondia à chave do veículo da vítima.

A polícia ainda localizou a foto do suspeito nas redes sociais, que foi reconhecida pela esposa do idoso. Os investigadores acreditam que os suspeitos poderiam ter a intenção de roubar pertences da casa e possivelmente estariam monitorando a rotina de Domingos. A Polícia Civil está formalizando o auto de reconhecimento e a prisão preventiva do autor.

O velório de Domingos Munhoz aconteceu nesta quarta-feira (22), no Cemitério-Parque Jaraguá. Ele era servidor da Santa Casa e deixa a esposa, dois filhos e três netos.

Idoso cai no chão, infarta e morre no momento do assalto

Idoso cai no chão, infarta e morre no momento do assalto

Reprodução - 22.09.2021

*Estagiária da Agência Record, sob supervisão de Mariana Rosetti

Últimas