São Paulo Polícia paulista faz operação por apologia ao crime em creche de SC

Polícia paulista faz operação por apologia ao crime em creche de SC

Seis mandados de busca e apreensão são cumpridos pelo DHPP. Três suspeitos foram conduzidos à delegacia para serem ouvidos

  • São Paulo | Edilson Muniz, da Agência Record

Polícia de São Paulo faz operação por apologia ao crime na cheche de Saudades (SC)

Polícia de São Paulo faz operação por apologia ao crime na cheche de Saudades (SC)

Reprodução Record TV

Seis mandados de busca e apreensão são cumpridos em Guarulhos, Jandira e São Paulo contra suspeitos de fazer apologia ao ataque à creche Pró-Infância de Saudades, em Santa Catarina, que deixou duas professoras e três crianças mortas, além de ferir um bebê.

Até o momento, três suspeitos foram levados à Divisão de Proteção à Pessoa do DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), no centro de São Paulo, para prestar esclarecimentos à polícia. Eles são suspeitos de fazer apologia ao crime.

A operação foi desencadeada a partir de uma investigação que começou com o rastreio de postagens nas redes sociais. As mensagens enalteciam o ataque que ocorreu na escola infantil de Saudades, no mês passado. O autor, de 18 anos, está preso e responde pelos 5 homicídios qualificados.

Aparelhos eletrônicos como computadores, celulares e notebooks foram apreendidos para dar seguimento às investigações. Os materiais serão periciados e, a partir da coleta de dados, os suspeitos poderão ter a prisão temporária decretada.  

Últimas