São Paulo Polícia prende dois suspeitos de planejar chacina em oficina de SP

Polícia prende dois suspeitos de planejar chacina em oficina de SP

Crime teria ocorrido depois que um dos mandantes perdeu ação trabalhista para Jairo Cordeiro, de 37 anos, um dos quatro homens executados 

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta quarta-feira (02) dois homens acusados de executar quatro pessoas com tiros na cabeça em uma oficina de funilaria na noite do dia 15 de junho. A polícia acredita que a chacina ocorreu porque Jairo Cordeiro, de 37 anos, uma das vítimas, venceu um processo trabalhista de seu ex-patrão, que em vingança teria contratado um assassino de aluguel e participado do crime. A informação é da Record TV.

Leia mais: Maior chacina de São Paulo faz 5 anos, sem indenização a vítimas

Os dois suspeitos foram presos após dois meses de investigação pelo DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa). A princípio, a dupla buscava assassinar somente Jairo Cordeiro. Porém, quando os dois encontraram outros três homens quando chegaram à oficina, na zona leste de São Paulo.

De acordo com a polícia, o ex-patrão de Jairo executou os quatro homens com um tiro na cabeça, na parte debaixo da oficina. No momento dos tiros, o parceiro deste homem foi flagrado pela câmera de segurança da oficina no andar de cima.

Câmera de segurança flagrou ação de assassinos na oficina

Câmera de segurança flagrou ação de assassinos na oficina

Reprodução/ Record TV

A Polícia Civil acredita que Joaquim, Railson e Antônio Carlos foram mortos apenas para que os criminosos não fossem identificados. O mandante do crime já tinha duas passagens pela polícia, de acordo com o DHPP, era extremamente violento. O outro suspeito tem várias passagens e já ficou preso por 12 anos.

Últimas