São Paulo Polícia prende em SP mulher foragida por estuprar enteada

Polícia prende em SP mulher foragida por estuprar enteada

Condenada teve três filhos, além da enteada, assassinados pelo próprio marido. Episódio ocorreu em 2012, em Minas Gerais

  • São Paulo | Letícia Dauer, da Agência Record

Mulher foi presa em comunidade de Itaquaquecetuba

Mulher foi presa em comunidade de Itaquaquecetuba

Reprodução/ Google Maps

A Polícia Militar de São Paulo prendeu nesta quarta-feira (29) uma mulher foragida desde 2018  por estuprar a enteada adolescente. A prisão da agressora, que está grávida de cinco meses, foi feita por agentes do 1º DP de Itaquequecetuba em uma comunidade do município da Região Metropolitana de São Paulo que fica próximo à cidade de Guarulhos. 

Ela foi encontrada depois que a Polícia Militar de Minas Gerais recebeu a informação de que a procurada em Itaquaquecetuba e repassou a informação a policiais da região. A condenada foi encaminhada à Cadeia Feminina do município. 

A mulher é foragida desde 2018, quado o Tribunal de Justiça de Minas Gerais expediu um mandado de prisão da agressora, condenada a 11 anos e 3 meses pelo estupro da filha adolescente de seu marido. O crime aconteceu em Viçosa, no interior de Minas Gerais.

A filha adolescente do casal também foi vítima de outro crime bárbaro. Em fevereiro de 2012, o marido da matou seus quatro filhos — a enteada e outros três de relacionamento com a foragida — e depois se matou. Segundo a Polícia Civil de Minas Gerais, a mulher não teve participação neste crime.

Últimas