São Paulo Polícia prende suspeito de estuprar crianças e divulgar imagens

Polícia prende suspeito de estuprar crianças e divulgar imagens

Investigação começou pela Interpol, por causa da divulgação da pornografia infantil na internet, e terminou com a PF brasileira prendendo homem em SP

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

Polícia identifica pornografia infantil na internet

Polícia identifica pornografia infantil na internet

Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal prendeu, nesta terça-feira (4), o homem suspeito de manter uma rotina de estupros a duas crianças por pelo menos um ano, filmar o crime e publicar em grupos sigilosos na internet. O homem de 40 anos teria admitido a prática dos crimes.

Segundo a PF, o suspeito disse que começou a procurar esse tipo de conteúdo, de pornografia infantil, na internet até que decidiu reproduzir o mesmo crime, praticando estupro. 

Embora o caso tenha acontecido no Brasil, as investigações iniciais foram em Lyon, na França, por causa da utilização de um fórum da Deepweb para a divulgação das imagens de pornografia infantil.

Depois da apuração da Interpol, a Polícia Federal brasileira identificou o responsável pelos estupros gravados e exibidos na rede mundial de computadores. Os atos ocorreram no início deste ano e as vítimas são duas crianças de 3 e 5 anos, ambos filhos de uma parente.

Além da prisão do homem, celulares e computadores encontrados na casa dele foram apreendidos. As investigações ainda identificaram que as vítimas são filhas de uma prima da esposa do homem preso, que com frequência eram deixadas na casa dela. 

Ainda conforme as infestigações, não há indícios de que outras pessoas próximas a ele tenham participado ou tivessem conhecimento dos crimes. A família das vítimas também disse que não havia percebido os abusos.

Últimas