São Paulo Polícia prende suspeitos de darem golpe do cartão clonado em idosos

Polícia prende suspeitos de darem golpe do cartão clonado em idosos

Homens se passam por agentes bancários, ligam para as vítimas dizendo que os cartões estão clonados, que fornecem os dados

  • São Paulo | Edilson Muniz e Juliana Beker, da Agência Record

Agentes saem do Aeroporto Campo de Marte para cumprir mandados de prisão em SP

Agentes saem do Aeroporto Campo de Marte para cumprir mandados de prisão em SP

Reprodução Record TV

A Polícia Civil realiza, nesta quarta-feira (18) uma operação contra estelionatários que aplicam o golpe do motoboy que busca cartões de idosos para roubar as vítimas.

De acordo com informações da Record TV, o delegado Mauricio Freire, da Divisão de Operações Especiais do DOPE, informou que os cinco alvos da operação foram presos. Carros, dinheiro, máquinas e cartões de crédito foram apreendidos e estão sendo levados ao Campo de Marte.

A ação é coordenada pelo Deinter 5 da Polícia Civil de Fernandópolis e tem como objetivo cumprir 5 mandados de busca e apreensão e outros 5 de prisão em 21 endereços ligados à quadrilha.

Os policiais investigam pelo menos 14 pessoas envolvidas em uma organização criminosa especializada em aplicar golpes em idosos. Os suspeitos se passam por agentes bancários e ligam para as vítimas dizendo que os cartões estão clonados.

Enganando as vítimas, eles convencem as vítimas a fornecer os dados, como a senha, e os cartões são entregues à falsos motoboys do banco que vão buscar o objeto. Na operação, além de buscar os criminosos, os policiais têm a missão de apreender contratos, cartões e maquininhas de cartões, assim como dinheiro, celulares e notebook.

A ação terá apoio de mais de 60 agentes da Polícia Civil e conta com apoio do Garra-Dope, GER e os agentes estão saindo do Aeroporto Campo de Marte, onde fica a base do helicóptero do Serviço Aerotático da Polícia Civil - SAT.

Últimas