Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas em sítio em Mairiporã (SP)

No galpão foram encontradas cocaína e maconha, que serão enviadas ao Instituto de Criminalística, além de duas metralhadoras artesanais

Mais de 700 tijolos de maconha foram encontrados em laboratório de drogas

Mais de 700 tijolos de maconha foram encontrados em laboratório de drogas

Divulgação Polícia Civil

A polícia prendeu três suspeitos em um laboratório de drogas localizado em um sítio em Mairiporã, na Região Metropolitana de São Paulo, na noite desta sexta-feira (22). A Record TV teve acesso as imagens do local.

Leia também: Estações de metrô e trem passam a fechar à meia-noite aos sábados

O vídeo mostra o interior do sítio. Na mesa, diversas armas e munições. Por todos os lados pinos de cocaína já com a droga ou que seriam abastecidos.

Em um dos cômodos, armazenados num canto, 700 tijolos de maconha. Toda a droga foi apreendida durante uma operação da polícia civil de Guarulhos, também na região metropolitana.

Leia mais: Doria diz que 'Brasil está atônito com o nível da reunião ministerial'

A Polícia Civil investigava a organização criminosa que atua em Guarulhos há um ano. Para chegar até o sítio eles identificaram um dos distribuidores. Semanalmente, cocaína e maconha eram colocadas e levadas até os pontos de tráfico. O homem que dirigia um carro foi seguido por mais de 30 quilômetros até chegar ao local usado como laboratório pelos traficantes.

Leia mais: Mais de uma tonelada de droga é apreendida em imóveis vazios em SP

Além dos 50 quilos de cocaína e dos 700 de maconha, 60 litros de lança perfume foram apreendidos. Três maquinas que selavam e embalavam a vácuo também foram recolhidas. Entre as armas, duas metralhadoras artesanais.

A polícia calcula que o prejuízo para a facção criminosa passe dos três milhões de reais. As investigações continuam para identificar outros integrantes da organização.