São Paulo Policiais fazem operação contra pirataria digital em São Paulo

Policiais fazem operação contra pirataria digital em São Paulo

Agentes cumprem 10 mandados de busca e apreensão no estado e coordenam o cumprimento de uma ordem judicial em Santa Catarina

  • São Paulo | Mariana Rosetti, da Agência Record

Polícia cumpre 10 mandados de busca e apreensão contra pirataria digital

Polícia cumpre 10 mandados de busca e apreensão contra pirataria digital

Reprodução Record TV

Policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) cumprem 10 mandados de busca e apreensão contra pirataria digital, nesta quinta-feira (5), em São Paulo e coordenam o cumprimento de uma ordem judicial em Santa Catarina. 

Veja ainda: Polícia percorre ao menos 12 cidades em caçada por Cupertino

O procedimento inclui o bloqueio e a suspensão dos sites e aplicativos de streaming ilegal de conteúdo, desindexação de conteúdo em mecanismos de busca e remoção de perfis e páginas em redes sociais.

A fase um foi deflagrada no dia 1º de novembro de 2019 com o cumprimento de 30 mandados de busca e apreensão, bloqueio e/ou suspensão de 210 sites e 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo.

As ações fazem parte da operação 404 2ª Fase do Ministério da Justiça e Segurança Pública. O objetivo é dar continuidade aos crimes praticados contra a propriedade intelectual na internet. Segundo a polícia, 30 agentes participam e outros 10 estados participam da força-tarefa.

As ações em São Paulo são coordenadas por policiais 1ª Delegacia DIG (Antipirataria). Os mandados estão sendo cumpridos mas cidades de São Paulo, Ribeirão Preto e Penápolis. As cidades de interior receberam apoio das Deic de Araçatuba e Ribeirão Preto. Em Santa Catarina, a ação é realizada pela polícia local por meio de orientações da equipe da 1ª DIG.

Diligências

Policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) estão nas ruas para cumprir 10 mandados de busca e apreensão contra crimes de pirataria digital, durante a operação intitulada 404, na manhã desta quinta-feira (5).

De acordo com o Delegado Wagner Carrasco, a operação deflagrada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) é coordenada pelo Deic, em São Paulo. Policiais de Ribeirão Preto e Araçatuba também prestam apoio.

Em São Paulo, são cumpridos 10 mandados de busca e apreensão, sendo 1 na capital, 4 em Ribeirão Preto e 5 em Penápolis. Os objetos apreendidos serão encaminhados à sede do Deic.

Últimas