Polícias de São Paulo entram em alerta após toque de recolher e ônibus queimado na zona norte 

Ação de criminosos pode ter relação com assassinato de um membro do PCC no último domingo

Jeorge Vieira Ponciano foi assassinato dentro de uma pizzaria

Jeorge Vieira Ponciano foi assassinato dentro de uma pizzaria

Reprodução

As polícias Civil e Militar de São Paulo entraram em estado de alerta após a interceptação de uma ligação telefônica combinando toque de recolher na zona norte da capital. Estabelecimentos comerciais da principal via do bairro Vila Sabrina, a avenida Milton da Rocha, estão de portas fechadas. Um ônibus foi queimado na avenida Zachi Narchi. 

Moradores e comerciantes da zona norte de São Paulo entraram em contato com a TV Record para relatar que o toque de recolher teve início no começo da tarde. 

Também foi relatado que funcionários de duas escolas municipais recomendaram a dispensa dos estudantes, mas não há posicionamento oficial das instituições. De acordo com os funcionários, diversas mães foram buscar seus filhos mais cedo e a maior parte das aulas foram canceladas.

Homens armados percorreram as principais vias do bairro alertando sobre o toque de recolher. Esses homens seriam membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) agindo em represália à morte de um outro integrante do grupo, Jeorge Vieira Ponciano, de 39 anos, assassinado no último domingo (23) dentro de uma pizzaria.

Micro-ônibus é incendiado na zona norte de São Paulo

Assista à matéria sobre o crime na pizzaria: