Coronavírus

São Paulo Postos de saúde da cidade de SP retomam hoje consultas e exames

Postos de saúde da cidade de SP retomam hoje consultas e exames

Pacientes serão acionados por telefone de maneira gradual para evitar aglomeração nas UBSs. Atendimentos estavam suspensos na pandemia 

Postos de saúde da capital paulista retomam nesta quarta consultas e exames

Postos de saúde da capital paulista retomam nesta quarta consultas e exames

Divulgação / Prefeitura de SP

As UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da capital paulista retomam a partir desta quarta-feira (24), de maneira gradual, os atendimentos para marcação e realização de consultas. A portaria foi publicada no Diário Oficial da Cidade na sexta-feira (18).

Por causa da pandemia do novo coronavírus, os atendimentos estavam suspensos na Rede Básica. Retornam agora os agendamentos em UBS, no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial), Unidade de Referência à Saúde do Idoso, Programa de Acompanhamento do Idoso, Centro de Especialidades Odontológicas, Equipe Multidisciplinar de Atenção Domiciliar, Centro Especializado em Reabilitação, Centro de Convivência e Cooperativa e Unidades de Práticas Integrativas e Complementares.

Leia mais: Mais de 1,1 mi tiveram contato com coronavírus em SP, indica prefeitura

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, serão respeitadas as normas de segurança para proteção da população e dos profissionais de saúde, o distanciamento social até o retorno completo das atividades na cidade de São Paulo.

Os pacientes serão orientados a comparecer nas unidades de saúde depois de um contato telefônico. Serão agendados dia e horário para evitar aglomerações.

Os atendimentos serão realizados de forma presencial e também por teleatendimento. Deverão estar registrados no prontuário dos pacientes todos os apontamentos, como sintomas, hipótese diagnóstica, conduta, data e o horário do atendimento com carimbo e assinatura do profissional.

Veja também: Médicos de SP denunciam contratos precários no hospital do Anhembi

Se a pessoa tiver problemas respiratórios terá acesso de espera diferenciado. Serão retomados os atendimentos a hipertensos e diabéticos, consultas de pré-natal de baixo e alto risco, consultas a gestantes e mulheres que deram a luz, doenças infectocontagiosas, urgências odontológicas, coleta de exames, vacinação, dispensação de medicações, entre outros.

De acordo com a prefeitura, a equipe multidisciplinar deve priorizar o atendimento do idoso de maior risco. Já as atividades coletivas continuam suspensas.

Leia ainda: SP registra 434 mortes por covid-19 em 24 horas e tem novo recorde

A Assistência Médica Ambulatorial (AMA), UPA e hospitais, que atendem demandas não agendadas, não sofreram alteração durante a pandemia e estão em pleno funcionamento.

Últimas