Coronavírus

São Paulo Praias lotadas, afogamentos e trânsito marcam feriado

Praias lotadas, afogamentos e trânsito marcam feriado

Parte das rodovias paulistas teve aumento no fluxo de veículos neste feriado da Independência em relação a finais de semana anteriores 

  • São Paulo | Do R7

Praias lotadas, mortes por afogamento e trânsito nas estradas marcaram o feriado prolongado da Independência. O movimento nas principais vias que cortam o Estado de São Paulo nesta segunda-feira (7) está intenso, segundo concessionárias que administram as rodovias.

Leia também: Turistas formam aglomeração no centro de Campos do Jordão

De acordo com a Artesp, parte das rodovias paulistas teve aumento no fluxo de veículos neste feriado em relação a finais de semana anteriores e também em relação a períodos anteriores ao início da quarentena.

Mesmo com restrições de circulação em decorrência da pandemia do coronavírus, as praias ficaram cheias. No litoral de São Paulo, foram registradas oito mortes de pessoas afogadas e dois desaparecimentos no mar, somente no domingo (6).

De acordo com o Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, uma morte ocorreu em Bertioga, outra em Ubatuba, três óbitos no Guarujá e três em Mongaguá.

Apenas no domingo, entre 0h e 23h59, o Corpo de Bombeiros realizou 250 salvamentos. Em Itanhaém, duas pessoas continuam desaparecidas no mar e as equipes do Corpo de Bombeiros realizam buscas para localizá-las.

Situação das estradas

No Sistema Anchieta-Imigrantes, o trecho de serra da Imigrantes está com o tráfego congestionado no sentido São Paulo, do km 56 ao 46, por excesso de veículos. Segundo a Ecovias, empresa que administra o sistema, no restante da rodovia o tráfego flui bem e a visibilidade melhorou nas vias do sistema. A via Anchieta no sentido capital tem tráfego lento do km 54 ao 44, também por excesso de veículos.

Resgate de banhista pelo helicóptero da Policia Militar, na Praia de Pitangueiras, na cidade de Guarujá

Resgate de banhista pelo helicóptero da Policia Militar, na Praia de Pitangueiras, na cidade de Guarujá

Fernanda Luz/Agif/Estadão Conteúdo - 07.09.2020

A operação em vigor é a 2X8. A descida da serra é feita apenas pela pista sul da via Anchieta. Já a subida acontece pelas pistas norte e sul da rodovia dos Imigrantes e pista norte da via Anchieta. Segundo a Ecovias, dos 258 mil veículos que desceram para litoral, mais de 180 mil já retornaram para capital.

Segundo dados da Artesp, no período de sexta-feira, 4, a domingo, 6, no Sistema Anchieta-Imigrantes, após um alto volume de tráfego no sentido do litoral, resultou aumento de 20,08% quando comparado ao último final de semana entre os dias 28 e 30 de agosto.

Nos trechos rodoviários, administrados pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que ligam ao litoral norte de São Paulo, a rodovia SP 055 Rio-Santos, entre Bertioga e São Sebastião tem tráfego intenso sentido Bertioga. O trecho entre São Sebastião e Ubatuba, apresenta congestionamento no sentido São Sebastião.

Na Rodovia Mogi-Bertioga o trânsito está intenso no sentido Mogi. O motorista deve ficar atento aos pontos de nevoeiro na via, no trecho de serra.

De acordo com dados da Artesp, na Rodovia dos Tamoios houve um registro de 134 mil veículos nas praças de pedágio de descida ao litoral entre sexta e domingo, com um aumento de 68,84% no sentido do litoral norte quando comparado ao último final de semana de agosto. No caso do histórico de feriados na rodovia, registrou um aumento de 9,37% na descida da serra, na qual se espera um fluxo intenso na subida nesta segunda-feira.

A CCR AutoBAn, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, informou que a circulação de veículos segue normal em ambos os sentidos.

Cerca de 465 mil veículos passaram no sistema Anhanguera-Bandeirantes nas praças próximas à capital, resultando em aumento de 3,4% dos automóveis com destino ao interior neste feriado quando comparado ao fim de semana anterior à quarentena, entre os dias 13 e 15 de março. Porém, muito próximo ao histórico de feriados que ocorreram na segunda-feira, registrando nesse caso uma redução de 1,86% no sentido do interior, segundo dados da Artesp.

A CCR Viaoeste, concessionária que administra as rodovias Castelo Branco e Raposo Tavares, informou que a rodovia Castelo Branco tem tráfego lento, sentido capital, em Barueri, do Km 31 ao 27, por causa de um acidente, e do Km 59 ao 56, em São Roque, devido ao excesso de veículos.

De acordo com a Artesp, na Rodovia Castelo Branco passaram 154 mil veículos na Praça de Itu entre sexta e domingo, resultando em aumento de 23,73% no fluxo com destino para o interior, quando comparado ao fim de semana anterior à quarentena. Próximo ao histórico de feriados anteriores que ocorreram na segunda-feira, uma vez que esse tráfego representa um aumento de 4,98% em ambos os sentidos da rodovia.

Na travessia de balsas entre Santos e Guarujá, o movimento está tranquilo. Nos dois lados, a espera é de 15 minutos, tempo do trajeto da embarcação. A capacidade é de 470 veículos por hora.

A travessia entre Ilha Bela e São Sebastião também está com o tráfego normal, com tempo de espera de 30 minutos. A balsa opera com maré normalizada sendo possível o transporte de veículos pesados (carretas, ônibus e caminhões).A capacidade é de 363 veículos por hora.

Entre Bertioga e Guarujá, a travessia leva 30 minutos e apresenta movimentação normal nesta segunda-feira (7). A travessia tem capacidade de 72 veículos por hora.

*Com Agência Estado

Últimas