São Paulo Prefeitura de SP abre cadastro para pais pedirem uniforme escolar

Prefeitura de SP abre cadastro para pais pedirem uniforme escolar

Pedido pode ser realizado pelo celular ou computador. Iniciativa deve atender 661 mil estudantes e cerca de R$ 140 milhões serão investidos

  • São Paulo | Vania Souza, da Agência Record

Pais devem fazer cadastro para solicitar uniforme escolar para a rede municipal

Pais devem fazer cadastro para solicitar uniforme escolar para a rede municipal

Reprodução

A Secretaria Municipal de Educação disponibiliza o cadastro aos responsáveis pelos estudantes matriculados na Rede Municipal de Ensino para solicitação do uniforme escolar a partir desta segunda-feira (9). O cadastro pode ser feito pelo celular ou pelo computador pelo site da secretaria. 

Leia mais: Prefeitura dará cartão com R$ 215 para compra de uniforme escolar

Nessa página, as famílias deverão digitar o Código da Escola On-Line e a data de nascimento da criança e, então, acessar um formulário e confirmar, alterar ou completar os seguintes dados: nome completo, CPF, e-mail, telefone celular, data de nascimento e nome de sua mãe, além de vínculo com o estudante. 

As famílias que têm maior dificuldade de acesso à internet ou de lidar com formulário online podem realizar o pedido do uniforme na própria secretaria da escola na qual o estudante está matriculado.

Leia mais: Após queixas, Prefeitura quer mudar uniformes das escolas em SP

Segundo a secretaria, as escolas também terão acesso ao ambiente administrativo do Portal do Uniforme. Além de apoiarem as famílias que não conseguirem fazer a solicitação do uniforme online, as unidades poderão acompanhar quantos responsáveis fizeram o pedido e o status das solicitações. 

Novo modelo

O pedido online do uniforme escolar faz parte do novo processo de compra e distribuição do uniforme que está sendo implantado pela Prefeitura de São Paulo em 2020. É um modelo descentralizado, no qual a aquisição do kit (dos itens que a família de fato precisar) se dará diretamente pelas famílias, nas lojas credenciadas, respeitado o valor máximo de R$ 215. A iniciativa deve atender 661 mil estudantes e serão investidos cerca de R$ 140 milhões.

Desde o dia 17 de fevereiro está aberto o credenciamento (também online no Portal do Uniforme) dos estabelecimentos comerciais interessados em vender o uniforme escolar.

Leia mais: Falhas e queixas fazem prefeitura ouvir pais sobre uniforme escolar

Na última quarta-feira (4), a Prefeitura anunciou uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae - SP) para apoiar empreendedores de todo o município nesse credenciamento, fomentando assim o comércio local e a geração e distribuição de renda.

Está em andamento a licitação para contratação da empresa que fornecerá o meio de pagamento eletrônico a ser utilizado pelas famílias na compra do uniforme. O edital foi lançado no dia 21 de fevereiro e a Secretaria Municipal de Educação abrirá os envelopes com as propostas das empresas interessadas nesta terça-feira (10).

Últimas