Novo Coronavírus

São Paulo Prefeitura de SP anuncia recursos de R$ 100 milhões para Cultura

Prefeitura de SP anuncia recursos de R$ 100 milhões para Cultura

Plano será para apoio ao carnaval, artistas e espaços culturais, já que o setor foi afetado pela crise da pandemia

Prefeitura de SP anuncia recurso de R$ 100 milhões para setor cultural

Prefeitura de SP anuncia recurso de R$ 100 milhões para setor cultural

Avener Prado/Folhapress

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o secretário municipal de Cultura, Alê Youssef, anunciaram recurso de R$ 100 milhões para o setor cultural da cidade. A estimativa é de que 26 mil profissionais foram atingidos pela crise com as restrições da pandemia, também 215 espaços, em cerca de 7 mil atividades e iniciativas.

O plano de amparo terá um conjunto de medidas de apoio ao carnaval, artistas, técnicos, produtores, espaços culturais e coletivos do setor cultural, entre elas a antecipação e garantia dos fomentos para estimular a economia.

Ainda neste mês, serão lançados os editais de fomento ao teatro e à dança. O PROMAC (Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais), que incentiva a cultura por meio de renúncia fiscal das empresas, terá as inscrições adiantadas.

O plano inclui um novo edital para espaços culturais e casas noturnas, no valor de R$ 10 milhões, com o objetivo de auxiliar os empreendimentos que promovem programações artísticas e que tiveram a existência ameaçada pela pandemia. A promessa é de que seja lançado até abril.

"Um é o amparo ao setor, fragilizado pela crise econômica e sanitária. A segunda dimensão é a defesa da cultura que praticamos, em relação a ataques do obscurantismo e de pessoas que se aproveitam de situações pontuais para deturpar a importância da cultura na sociedade. E a terceira é a valorização", afirma o secretário municipal de Cultura, Alê Youssef.

De acordo com a pasta, foram executados 99% dos recursos da Lei Aldir Blanc. O total de recursos distribuídos entre 2020 e 2021 foi de R$ 90 milhões, sendo R$ 20 milhões em verba própria da secretaria.

Últimas