São Paulo Prefeitura de SP divulga regras para volta às aulas presenciais

Prefeitura de SP divulga regras para volta às aulas presenciais

Escolas devem funcionar com 20% da capacidade por turno e cada aluno deve frequentar o colégio por apenas por duas horas, em dois dias na semana

  • São Paulo | Elizabeth Matravolgyi, da Agência Record

Sala de aula do colégio Humbolt, localizado na zona sul de São Paulo

Sala de aula do colégio Humbolt, localizado na zona sul de São Paulo

Bruno Santos / Folhapress - 01.09.2020

A prefeitura de São Paulo divulgou neste sábado (26), por meio de publicação no Diário Oficial, as regras para a retomada das aulas presenciais de reforço na cidade, no próximo dia 7 de outubro. As escolas devem funcionar apenas com 20% da capacidade por turno e cada aluno deve frequentar o colégio apenas por duas horas, em dois dias na semana.

Leia mais: SP: 90% das universidades não vão retomar aulas a partir de outubro

O prefeito autorizou apenas o retorno das atividades extracurriculares para os alunos do Ensino Infantil, Fundamental e Médio. A regra vale para as instituições públicas (municipal e estadual) e privadas. As escolas poderão reabrir nos dias 7 ou 19 de outubro. Já os professores deverão retornar às unidades antes, nos dias 5 ou 15 de outubro.

As principais atividades que devem ser desenvolvidas são: atividades culturais, cursos de idiomas, atividades esportivas, exceto aquelas que demandem contato físico e organização coletiva, atividades de reforço escolar, preferencialmente de Língua Portuguesa e de Matemática, acolhimento, musicalização, contos literários, oficina de culinária, teatro de fantoches, exploração tátil/visual e atividades recreativas.

Cada conselho escolar deve realizar uma consulta com os pais e definir como será feita a retomada e a data marcada. Essas especificações devem ser encaminhadas para a Secretaria Municipal de Educação para a sua aprovação. Atividades em grupo seguem proibidas.

Veja o protocolo de volta às aulas no Estado de São Paulo

Últimas