São Paulo Prefeitura de SP faz operação contra mosquitos nas zonas oeste e sul

Prefeitura de SP faz operação contra mosquitos nas zonas oeste e sul

Previsão é aplicar 50 quilos de larvicida e 20 litros de inseticida, o dobro do aplicado normalmente, para conter multiplicação de mosquitos no verão

Agência Estado
Equipes da prefeitura nas margens do Rio Pinheiros, nesta quarta (21)

Equipes da prefeitura nas margens do Rio Pinheiros, nesta quarta (21)

WERTHER SANTANA/ESTADÃO CONTEÚDO - 21/10/2020

A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) de São Paulo realiza entre esta quarta-feira, (21), e sexta-feira (23), uma megaoperação de combate a mosquitos em localidades das zonas sul e oeste da capital paulista. Equipes da Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde) vão aplicar larvicida nas margens do Rio Pinheiros e inseticida em quarteirões de Santo Amaro, Capela do Socorro, Butantã e M'Boi Mirim. As regiões são alvo da maior parte de reclamações à Prefeitura sobre insetos.

Leia mais: Infestações de mosquitos geram mais de 500 reclamações em 15 dias em SP

De acordo com a gestão, o objetivo é prevenir e eliminar pernilongos e o mosquito causador da dengue, os Aedes aegypti. A secretaria destaca que a ação é rotineira, e já chegou a ser realizada em outubro, mas também é constante a reclamação dos moradores dessas regiões.

Em setembro, paulistanos que vivem próximo ao Rio Pinheiros criaram um abaixo-assinado para cobrar intervenção da Prefeitura. Segundo eles, "reclamar no telefone 156 não adianta, nenhuma medida é tomada". Somente nas duas primeiras semanas daquele mês, o serviço de atendimento havia recebido 526 reclamações sobre o tema, mais que o dobro de todo o mês anterior (221).

Embora seja uma situação recorrente, a presidente da AMAPP (Associação de Moradores e Amigos dos Predinhos de Pinheiros), Veronica Bilyk, disse na ocasião que o caso era atípico no que se referia à quantidade de insetos e à época do ano. Mesmo com ações da Prefeitura, com aplicação de fumacê, os mosquitos persistiam.

Desta vez, nos três dias de operação da SMS, a previsão é aplicar 50 quilos de larvicida e 20 litros de inseticida, o dobro do aplicado numa ação rotineira, segundo a secretaria. "A intenção é aproveitar a semana de temperatura mais amena para conter a multiplicação de novos mosquitos antes do verão", diz o órgão em nota.

Além da ação de combate aos insetos, a Prefeitura afirma que fará limpeza e tratamento químico de bueiros, com apoio das subprefeituras. "O inseticida é aplicado com utilização da técnica chamada Ultra Baixo Volume (UBV), considerada uma das mais eficientes e modernas, pois ataca diretamente o alvo a ser controlado, além de ser mais econômica, minimizando os impactos ecológicos."

Os bairros de Pinheiros, Alto de Pinheiros e cerca de 1.100 quarteirões de Santo Amaro, Capela do Socorro, Butantã e M'Boi Mirim vão receber a operação. Esses bairros, segundo a secretaria, concentram a maior demanda de solicitações dos moradores

Últimas