Prefeitura de SP interdita 58 bares por violarem normas de reabertura

Na sexta-feira (7), 26 bares foram fechados na capital paulista e outros 32 no sábado (8). Ação contou com o apoio da GCM  e da Polícia Militar

Em SP, 943 estabelecimentos já foram interditados

Em SP, 943 estabelecimentos já foram interditados

Ronny Santos/Folhapress

A Prefeitura de São Paulo interditou 58 bares na capital neste final de semana por descumprimem as normas de reabertura durante a pandemia do coronavírus. A ação contou com o apoio da GCM (Guarda Civil Metropolitana) e da PM (Polícia Militar).

Veja também: PMs mortos na véspera do Dia dos Pais deixam esposas grávidas

Na sexta-feira (7), 26 bares foram fechados, sendo oito na região de Itaquera, um na Mooca, quatro em Santana, oito em São Mateus, três na Sé e dois na Vila Mariana.

Já no sábado (8) foram interditatos outros 32 estabelecimentos. Nove em Aricanduva, um na Mooca, um na Penha, três em Perus, quatro em Pirituba, três em Santana, um na Sé e um na Vila Prudente.

A Secretaria de Subsprefeituras informou ainda que fiscaliza diariamente os estabelecimentos que excedem o horário permitido pela legislação municipal e se estão disponibilizando mesas nas calçadas.

Desde o início da quarentena, 943 estabelecimentos foram interditados por descumprirem as regras vigentes, destes, 542 são bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias. O valor da multa é de R$ 9.231,65, aplicada a cada 250m². Os estabelecimentos devem solicitar a desinterdição na subprefeitura da região.