Coronavírus

São Paulo Prefeitura e Butantan identificam predominância da Delta em SP

Prefeitura e Butantan identificam predominância da Delta em SP

Segundo autoridades, estudos divulgados nesta quinta-feira (2) mostram que 69,7% são da variante delta e 28,4%, da gama

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Autoridades sanitárias identificam predominância da variante Delta em SP

Autoridades sanitárias identificam predominância da variante Delta em SP

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Prefeitura de São Paulo revelou, nesta quinta-feira (2), que um estudo realizado por meio de parceria com o Instituto Butantan identificou a predominância da variante delta do novo coronavírus na capital paulista, em razão do registro de 395 novos casos para a variante delta (linhagem B.1.617.2 e sublinhagens AY).

Com os novos registros, a cidade contabiliza 800 casos desde que a variante foi confirmada na cidade, em julho. Entre as amostras em que foi possível identificar a linhagem, 69,7% são da variante delta e 28,4%, da gama. Os sequenciamentos são referentes à semana epidemiológica 33, realizados pelo Butantan.

De acordo com a prefeitura paulistana, apesar da presença da variante na cidade, o número de casos não apresentou curva de crescimento significativa. Por isso, não oferece risco de impacto sobre a rede de saúde pública da capital.

Diante do novo cenário de predominância da variante delta na capital e com a população adulta elegível vacinada, o município realizará testagem de comunicantes de casos positivos de covid-19 detectados nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) para análise do perfil de transmissão do vírus.

Assim, os munícipes detectados com a variante delta e gama passarão por um teste de antígeno para Covid-19. Tanto aquelas com sintomas como os assintomáticos que tiveram contato com pessoas com caso positivo.

Vacinação na cidade de SP

Segundo a gestão municipal, a vacinação alcançou, na quarta-feira (1º), 104,1% do público-alvo, entre maiores de 18 anos, imunizados com a primeira dose ou a dose única das vacinas contra a covid-19. Outros 54,7% estão com a condição vacinal completa. O município de São Paulo aplicou 14.621.904 doses de vacina contra a covid-19. São 9.570.750 (D1), 4.729.960 (D2) e 321.194 doses únicas.

Últimas