São Paulo Prefeitura inaugura 1º coworking gratuito na periferia de São Paulo

Prefeitura inaugura 1º coworking gratuito na periferia de São Paulo

Espaço de escritório comunitário é o primeiro desenvolvido pelo projeto Teia, que prevê abertura de mais estabelecimentos semelhantes na cidade  

Coworking na periferia de SP

Outro coworking público deve ser inaugurado no bairro de Cidade Tiradentes, zona leste

Outro coworking público deve ser inaugurado no bairro de Cidade Tiradentes, zona leste

Divulgação/ SMDET

A Prefeitura abre nesta quarta-feira (22) o primeiro coworking gratuito e público na região do bairro Parada de Taipas, zona norte de São Paulo. O ambiente de trabalho funcionará dentro da Biblioteca Pública Érico Veríssimo.

O novo espaço terá vagas para 30 pessoas trabalharem simultaneamente, com computadores fixos, internet e salas para reunião. Segundo a SMDET (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho), o endereço passará também a ser local de cursos, palestras e mentorias com foco em empreendedorismo. 

Veja também: Nova lei permite regularizar quem trabalha com comida de rua em SP

O escritório inaugurado é o primeiro do projeto Teia, da Adesampa (Agência de Desenvolvimento Econômico de São Paulo), que pretende abrir coworkings públicos pela cidade de São Paulo. A proposta da agência vinculada à SMDET é de continuar construindo espaços semelhantes em locais periféricos da cidade, como contou Aline Cardoso, secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho. 

De acordo com Aline, o projeto pretende diminuir a desigualdade na cidade com a movimentação da economia local das áreas mais pobres. Ela afirmou "que empreendedores da periferia sempre buscam parceiros nas regiões centrais", o que pode ser alterado com espaços públicos de trabalho em regiões afastadas do centro.

"A proposta do projeto Teia visa fortalecer a comunidade local, para que pessoas da região se articulem entre si", disse Aline, ressaltando o potencial de integração que a localização do novo coworking público possibilita.

"Este coworking será inaugurado próximo a cinco escolas públicas e conjuntos habitacionais", ela explicou. Aline afirmou que escolas da região serão visitadas pelo órgão para incentivar o empreendedorismo entre os jovens.

Ainda de acordo com a secretária, o próximo espaço de trabalho público será aberto no bairro Cidade Tiradentes, zona leste da cidade.

*Estagiário do R7, com supervisão de Ana Vinhas