Coronavírus

São Paulo Procon-SP vai fiscalizar preços abusivos de testes de Covid-19

Procon-SP vai fiscalizar preços abusivos de testes de Covid-19

Órgão vai pedir informações sobre preços dos últimos meses para analisar se houve aumento em meio ao surto de gripe e Covid

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Procon segue determinação do governador de São Paulo, João Doria

Procon segue determinação do governador de São Paulo, João Doria

Antonio Lacerda/EFE - 04.01.2022

O Procon-SP vai fiscalizar farmácias e laboratórios do estado de São Paulo em relação a preços abusivos em testes para detecção da Covid-19. O órgão segue determinação do governador do estado, João Doria (PSDB), após denúncias de aumentos exorbitantes em meio ao surto de gripe e do novo coronavírus no início de 2022. 

Em nota, o órgão afirmou que notificará as empresas a comprovar os preços dos testes nos últimos meses para comparar com os valores atuais. As equipes atuarão a distância e presencialmente. 

“Em último caso, nós não descartamos a requisição dos testes nos termos da Constituição Federal e da legislação em vigor. Se houver necessidade em razão da prática abusiva de preços, poderemos requisitar os testes para oferecê-los gratuitamente à população”, disse o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez. 

Após as festas de fim de ano, o estado de São Paulo viu o número de casos e internações explodir. O surto de influenza também levou muitas pessoas a se testarem, o que já faz faltarem insumos para testes em hospitais da rede particular. 

Últimas