São Paulo Professor da Unesp é assassinado no interior e dupla é presa em SP

Professor da Unesp é assassinado no interior e dupla é presa em SP

Ricardo Nicola, de 52 anos, foi encontrado com sinais de agressão e ensanguentado. Suspeitos fugiram com pertences e carro da vítima

Ricardo Luís Nicola, morreu aos 52 anos

Ricardo Luís Nicola, morreu aos 52 anos

Reprodução/Record TV

Dois homens foram presos suspeitos de participação na morte de um professor da Unesp (Universidade Estadual Paulista), Ricardo Luís Nicola, de 52 anos, em sua casa na rua César Sancineti, no Jardim Parati, em Jaú, no interior de São Paulo, na madrugada desta quarta-feira (17). Após identificação por radares, a dupla foi encontrada em um dos carros do professor, na Lapa, na zona oeste da capital.

Responsável pelo departamento de comunicação social da universidade, Ricardo foi encontrado pelo cunhado, caído, com sinais de agressão e ensanguentado. Segundo a polícia, o parente chegou à residência após receber um alarme da empresa de vigilância responsável pelo monitoramento do imóvel.

A partir da cena do crime, a polícia imagina que as agressões à vítima teriam começado em um dos quartos da casa, tendo em vista, os rastros de sangue, que seguiam até a sala onde o corpo foi encontrado.

Ainda de acordo com a polícia, foram roubados um celular, cartões bancários e o carro do professor, além de uma televisão. A câmera de uma casa vizinha mostra o momento em que os suspeitos fogem com o carro da vítima, por volta das 2h30.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) e será submetido a um exame necroscópico.

Os suspeitos foram levados ao 91ºDP (Ceasa), onde a prisão será registrada. O caso segue em investigação pela DIG (Delegacia de Polícia de Investigações Gerais) de Jaú.

Em nota, o curso de Jornalismo da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, lamenta a morte do docente. 

Últimas