Novo Coronavírus

São Paulo Projeto S vacina 98% da população de Serrana (SP) contra covid-19

Projeto S vacina 98% da população de Serrana (SP) contra covid-19

Tanto os vacinados, que somam 27.150 moradores, quanto quem não tomou a vacina, serão monitorados por mais um ano

  • São Paulo | Do R7

Fila de vacinação em Serrana (SP)

Fila de vacinação em Serrana (SP)

Reprodução/Record TV - 11.03.2021

O Projeto S, estudo clínico do Instituto Butantan sobre o impacto da imunização no combate à pandemia do novo coronavírus, vacinou 97,9% da população de Serrana, no interior de São Paulo, de acordo com informações do governo do estado. Foram, ao todo, 27.150 pessoas que receberam a CoronaVac, produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

O projeto, que durou oito semanas, foi encerrado começou em 17 de fevereiro, e foi encerrado no domingo (11). A população da cidade foi separada em quatro grupos distintos. Cada um foi vacinado em uma semana diferentes. Nas primeiras quatro semanas, foi aplicada a primeira dose, e nas quatro seguintes, a segunda dose.

O Butantan registrou 46 eventos adversos graves em um total de 54.872 doses aplicadas. Seis pessoas morreram após tomarem a primeira dose. Uma pessoa faleceu depois de receber a segunda - os sintomas, no entanto, se manifestaram dois dias após a aplicação, o que sinaliza que a contaminação ocorreu antes da vacinação. Entre os não vacinados, houve 14 mortes.

Tanto os vacinados quanto quem não tomou a vacina serão monitorados por mais um ano. Os primeiros resultados do estudo devem sair a partir de maio - que é quando se completam os 15 dias necessários para que sejam produzidos anticorpos após a segunda dose.

Últimas