São Paulo Protesto por moradia fecha Avenida do Estado e tem conflito com a PM

Protesto por moradia fecha Avenida do Estado e tem conflito com a PM

Contra reintegração de posse, grupo de manifestantes colocou fogo em três pontos da avenida na zona sul de São Paulo

  • São Paulo | Do R7

Manifestantes já fizeram protesto com barricadas no local em janeiro deste ano

Manifestantes já fizeram protesto com barricadas no local em janeiro deste ano

Reprodução/ Record TV

Um grupo de manifestantes fechou o sentido Santana/Ipiranga da Avenida do Estado, na zona sul de São Paulo, e entrou em conflito com equipes da Polícia Militar que monitoravam o protesto contra uma reintegração de posse na tarde desta quinta-feira (21). 

Em janeiro deste ano, o grupo, formado por cerca de 400 famílias, já havia bloqueado a avenida em protesto contra a reintegração de dois terrenos.

A ação foi flagrada pela Record TV, que registrou o grupo incendiando barricadas na avenida.  Os manifestantes usaram colchões e móveis para colocar fogo em três pontos da avenida. As equipes policiais reagiram com bombas de efeito moral para dispersar o protesto.

Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o sentido interditado pelos manifestantes contava com 0,7 km de congestionamento até as 17h45 desta quinta. Por volta das 18h, a via foi liberada pela Polícia Militar.  

Últimas