Quarta vítima de febre amarela em 2018 morre na Grande São Paulo

Comerciante manifestou sintomas após visitar familiares na zona norte

Nesta terça-feira (9), a febre amarela fez a quarta vítima na Grande São Paulo. O paulistano Adilson Tadeu Esteves Cipriano, 48 anos, diagnosticado com a doença, apresentou falência múltipla de órgãos, disfunção renal grave e choque séptico.

Segundo informou o Hospital Leforte, ele morreu às 14h35 no mesmo centro de saúde em que deu entrada dia 5 de janeiro, na capital paulista.

O comerciante contraiu o vírus após ter ido passado o Natal na casa de uma irmã, na Serra da Cantareira, na zona norte de São Paulo. Quatro dias depois, começou a sentir dores no corpo, dor de cabeça e diarreia. Além do caso de Cipriano, outras três mortes ocorreram desde o início do ano. 

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, duas dessas vítimas foram passar as festas de fim de ano em Mairiporã, região que está em estado de alerta para a doença. Estima-se que ao menos 14 pessoas morreram infectadas desde o ano passado no Estado de São Paulo.