Novo Coronavírus

São Paulo Recém-nascido diagnosticado com covid-19 morre em Rio Claro (SP)

Recém-nascido diagnosticado com covid-19 morre em Rio Claro (SP)

Mãe de bebê desabafa sobre vírus: "Se cuidem pois essa doença é devastadora e cruel." Município tem 241 mortes por coronavírus

  • São Paulo | Do R7

Mãe perde bebê de quatro dias para a covid-19 em São Carlos

Mãe perde bebê de quatro dias para a covid-19 em São Carlos

Reprodução Facebook

Um recém-nascido diagnosticado com covid-19 não resistiu e morreu ainda na maternidade quatro dias após o nascimento. O caso ocorreu no domingo (14), na cidade de Rio Claro, interior de São Paulo. A morte foi confirmada pela prefeitura do município e registrada no boletim epidemiológico da segunda-feira (15). Além do bebê, morreram três idosos, um adulto e quatro idosos. 

Com as seis mortes registradas na segunda-feira (15), o município de Rio Claro somou 241 óbitos na pandemia do coronavírus. A cidade espera ainda resultados de exames que poderão confirmar mais quatro mortes por covid-19, sendo de dois homens e dois idosos.

De acordo com o relato dos pais nas rede sociais, Matheus de Godoy Marangoni nasceu na quarta-feira (10) às 10h09. "Após o parto, nosso filho foi para o quarto conosco, fofo e saudável  já procurou o peito para se alimentar, ficou mais uns minutos com a gente e repentinamente começou a sentir dificuldade para respirar, parecia que queria chorar e não conseguia, emitindo sons de gemido", escreveu a mãe Adriana Raquel de Godoy Zaniolo nas redes sociais.

Após esse momento, ainda de acordo com o relato dos pais, a enfermeira chefe do hospital Unimed levou o bebê para ser observado UTI. Segundo os pais, a previsão era de que ele voltasse logo, "mas não foi isso que aconteceu", desabafou a mãe.

"Theusinho demonstrava piora a cada visita e os médicos fazendo exames, entraram com antibióticos contra uma bactéria e o quadro clínico continuava a piorar e o nossa preocupação aumentava muito pois e era nítido que tinha mais alguma coisa e os médicos continuavam a fazer exames para saber o que mais poderia ter o nosso anjinho guerreiro", relata a mãe.

Segundo a mãe, os médicos tiveram de isolar o recém-nascido das demais crianças da UTI neonatal. Matheus teve ser ser entulado logo após a equipe médica confirmar a gravidade do estado clínico do bebê. 

No sábado (13), de acordo com Adriana, o bebê teve mais uma piora. "Segundo os médicos, uma situação rara e inesperada que disseram nunca terem visto, após exames foi confirmado que nosso anjinho guerreiro está com covid-19", escreveu. "Isso mesmo mesmo, após 3 dias de vida, infectado pelo vírus."

Adriana disse ainda que, de acordo com os médicos, os sintomas geralmente surgem após oito dias. "Disseram que não sabiam como e por que, o Dr. Danilo, pediatra muito atencioso e preocupado também não nos deixou nem ter contato com o nosso anjinho guerreiro por precaução, claro, e nos encaminhou para fazermos o exame de covid também."

Após o forte desabafo nas redes sociais, Adriana informou o sepultamento do bebê ocorreu nesta terça-feira (16), mas não houve sepultamento em decorrência dos protocolos sanitários adotados para combater a pandemia do coronavírus. O enterro ocorreu às 8h45 no Cemitério Municipal de Rio Claro. "Haverá apenas uma homenagem e despedida na porta do cemitério. Agradeço a todos pelas orações, ele lutou até o último momento, mas infelizmente não aguentou. Obrigada a todos e se cuidem pois essa doença é devastadora e cruel."

Últimas