Reclamações em condomínios de SP crescem 200% na pandemia

Com a população por mais tempo em casa, os empreendimentos residenciais tiveram aumento em notificações, advertências e multas

Reclamações aumentaram 200% em SP

Reclamações aumentaram 200% em SP

Anderson Lira/FramePhoto/Folhapress - 05.06.2020

As reclamações registradas em condomínios da cidade de São Paulo cresceram 200% durante a pandemia de covid-19. As informações são da Record TV.

Com a população por mais tempo em casa devido à quarentena, os empreendimentos residenciais tiveram aumento em notificações, advertências e multas.

O advogado Rodrigo Karpat, especialista em direito imobiliário, avalia que “metade dos problemas acabam sendo resolvidos dentro dos condomínios e nós temos aí, da metade que sobrou, um quarto deles acabam sendo judicializados e o outro um quarto acabam na delegacia de polícia”.

Os motivos das brigas foram os mais variados, sendo os principais música alta, atividades físicas dentro dos apartamentos, crianças gritando e chorando, discussões de reabertura – ou não – de áreas comuns e até moradores sem máscara.

Segundo ele, o excesso de confusão pode desvalorizar o imóvel.

Antes de adquirirem uma unidade, diz Karpat, muitas pessoas “querem saber o clima daquele condomínio e isso vai ser cada vez mais forte. A gente vê, às vezes, apartamentos supervalorizados e outros nem tanto em função dos problemas de conflito de determinadas comunidades”.