Novo Coronavírus

São Paulo Reclassificação do Plano SP começa a valer a partir desta segunda (22)

Reclassificação do Plano SP começa a valer a partir desta segunda (22)

Barretos e Presidente Prudente regridem para etapa mais restritiva. Franca vai para laranja e Sorocaba avança para amarela

  • São Paulo | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Nova reclassificação do Plano São Paulo começa a valer nesta segunda (22)
  • As regiões de Barretos e Presidente Prudente regridem para etapa mais restritiva
  • Franca vai para a fase laranja e Sorocaba avança para amarela
  • SP tem agora quatro regiões na fase vermelha, sete na laranja e seis na amarela
Região de comércio popular da 25 de Março ficou lotada no último sábado (20)

Região de comércio popular da 25 de Março ficou lotada no último sábado (20)

Karen Fontes/Código 19/Folhapress – 20.02.2021

A nova reclassificação do Plano São Paulo começa a valer a partir desta segunda-feira (22). As regiões de Barretos e Presidente Prudente tiveram piora na ocupação dos leitos e passam para a fase vermelha, a mais restritiva do plano. Nessas cidades apenas serviços essencias tem autorização para funcionar.

Já a região de Franca, que estava na fase amarela, passa para laranja e a região de Sorocaba, que estava na fase laranja, avança para amarela. O anúncio foi feito pelo governo paulista  na sexta-feira (19) durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Com a nova classificação, o Estado de São Paulo passa a ter quatro regiões na fase vermelha, sete na laranja e seis na amarela.

Quatro regiões de SP estão na fase mais restritiva, oito na laranja e seis na amarela

Quatro regiões de SP estão na fase mais restritiva, oito na laranja e seis na amarela

Divulgação

Fase amarela e laranja

Na fase laranja, de acordo com o Centro de Contingência, academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros e parques estaduais podem funcionar. Todas as atividades estão liberadas por até oito horas diárias, e a capacidade de público é de 40%. Todos os estabelecimentos, porém, devem encerrar o atendimento presencial às 20h.

O consumo local em bares ainda fica proibido neste estágio.

A fase amarela também permite 40% de ocupação presencial para todas as atividades liberadas, incluindo parques estaduais. No entanto, o expediente sobe para até dez horas diárias e atendimento presencial pode ser encerrado até as 22h.

Nos bares, as portas devem fechar ao público mais cedo, às 20h. Atividades não essenciais que geram aglomeração, como festas, baladas e shows continuam proibidos.

Últimas