São Paulo Reféns em loja de conveniência na Grande São Paulo são libertados

Reféns em loja de conveniência na Grande São Paulo são libertados

Dois criminosos fizeram vítimas dentro de um posto de gasolina no centro de Cajamar. Polícia fez cerco ao local para o resgate

  • São Paulo | Carolina Lopes, da Agência Record

Dez pessoas foram feitas como reféns

Dez pessoas foram feitas como reféns

Reprodução/Record TV

Dois homens foram presos e 11 vítimas libertadas após serem feitas reféns em uma loja de conveniência em um posto de gasolina em Cajamar, na Grande São Paulo, na tarde desta sexta-feira (26), de acordo com informações do Cidade Alerta, da Record TV.

O crime ocorreu na rua Alexandre Pinto da Silva por volta das 13h30. As vias da região foram interditadas.

Segundo a comunicação social da Polícia Militar, o caso começou qunado cinco homens tentaram assaltar o posto de gasolina.

Equipes do 26º Batalhão da PM Metropolitano e da GCM (Guarda Civil Municipal) foram acionados e ao chegarem ao local, três integrantes do grupo tentaram fugir em um veículo.

Após uma breve perseguição, viaturas da GCM alcançaram os criminosos. Neste momento, houve uma troca de tiros. Frequentadores da área disseram ter ouvidos cerca de 20 tiros. Um dos homens conseguiu fugir e dois foram presos. Com a dupla, havia uma arma falsa.

Enquanto isso, na loja de conveniência, os outros dois homens mantiveram 11 pessoas reféns. A polícia isolou a área e fez a contenção para garantir a segurança no local.

De acordo com informações do coronel Racorti do Grupo de Ações Táticas Especiais (GATE), um dos reféns foi ameaçado pelos criminosos com uma arma durante a negociação com a Polícia Militar, e, mais tarde, foi liberado.

Em seguida, as equipes do GATE chegaram ao local. Após cerca de duas horas de negociações, a dupla se entregou, por volta das 15h30.

Viaturas da Polícia de Choque, o helicóptero Águia 5 do Grupamento Aéreo da PM, e equipes de resgate do Corpo de Bombeiros prestaram apoio. O caso está sendo registrado na Delegacia Central de Cajamar.

Últimas