São Paulo Refugiados da Ucrânia chegam ao aeroporto de Guarulhos (SP) e são acolhidos no interior do estado

Refugiados da Ucrânia chegam ao aeroporto de Guarulhos (SP) e são acolhidos no interior do estado

O grupo de 45 ucranianos, entre jovens e adultos, foi recebido por voluntários da GKPN (Global Kingdom Partnership Network) na manhã deste sábado (26)

  • São Paulo | Do R7

Ucranianos desembarcam no aeroporto de Guarulhos na manhã deste sábado (26)

Ucranianos desembarcam no aeroporto de Guarulhos na manhã deste sábado (26)

Reprodução - 26.3.2022

Um grupo com 45 ucranianos refugiados desembarcou no aeroporto de Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, por volta das 5h50 deste sábado (26), em um voo da Lufthansa. Os jovens e adultos foram recebidos por voluntários da GKPN (Global Kingdom Partnership Network), ligada a uma instituição religiosa.

Os refugiados ucranianos foram levados para São José dos Campos, no interior de São Paulo, onde serão acolhidos pela comunidade por tempo indeterminado. 

Esse foi o segundo grupo de refugiados a chegar ao Brasil. No dia 18 de março, outras 30 pessoas chegaram ao país, sendo 17 delas crianças. Elas também desembarcaram no aeroporto de Guarulhos e seguiram de ônibus até a cidade de Curitiba, no Paraná. O estado abriga a maior comunidade ucraniana do país.

Número de refugiados supera 3 milhões, segundo ONU

Mais de 3 milhões de pessoas fugiram da Ucrânia desde que a Rússia iniciou a invasão do país, em 24 de fevereiro — anunciou uma agência da ONU (Organização das Nações Unidas) na terça-feira (15).

"Chegamos ao número de 3 milhões de pessoas em termos de movimento populacional para fora da Ucrânia", disse o porta-voz da Organização Internacional para as Migrações (OIM), Paul Dillon, à imprensa em Genebra.

Desse total, 1,4 milhão são crianças, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), e entre os refugiados há também 157 mil cidadãos de outros países que fugiram da Ucrânia, segundo a OIM.

A Polônia é a nação que mais recebeu refugiados da Ucrânia. No total, 1,79 milhão de pessoas encontraram refúgio no país desde 24 de fevereiro, segundo o Alto-Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur).

Romênia, Hungria e Moldávia também receberam um número significativo de ucranianos em fuga da ofensiva lançada pela Rússia.

Últimas